TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Como verificar a saúde de bateria do Apple Watch | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Como verificar a saúde de bateria do Apple Watch

Como verificar a saúde de bateria do Apple Watch

Compartilhe

Para quem está preocupado com a saúde da bateria do Apple Watch, saiba que o watchOS 7 oferece uma função que permite a verificação deste aspecto.

Vamos mostrar neste post como você pode fazer isso de forma simples e prática.

 

 

 

Foi a Apple que criou este hábito “por linhas tortas”…

 

 

Tal e como acontece com qualquer dispositivo de tecnologia moderno e portátil, a bateria do Apple Watch vai se degradando com o passar do tempo. E a Apple fez com que todo mundo desenvolvesse o hábito em verificar a saúde da bateria dos dispositivos da empresa, algo que só aconteceu porque a empresa de Cupertino decidiu “proteger” o nosso dispositivo reduzindo o desempenho do iPhone.

Pena que a Apple fez essa boa ação sem informar aos proprietários do seu smartphone, que passaram uma vida comprando novos iPhones para ter um desempenho melhor, quando bastava trocar a bateria do dispositivo.

Polêmicas a parte, vamos mostrar neste post como você pode consultar a saúde da bateria do seu Apple Watch no watchOS 7 e otimizá-la para um melhor desempenho.

 

 

 

Como consultar a saúde de bateria do Apple Watch

 

 

A degradação da bateria é algo inevitável. Não existe um meio eficiente para impedir que a bateria de qualquer dispositivo de tecnologia acabe se desgastando com o passar do tempo. Porém, podemos evitar que essa mesma degradação ocorra de forma mais rápida do que o desejado.

Consultar o status da vida útil da bateria e saber como otimizar esse consumo são as únicas ferramentas que você tem disponível para prolongar um pouco mais a saúde do seu dispositivo, mantendo o mesmo funcionando em melhores condições possíveis pela maior parte do tempo possível.

A Apple introduziu o recurso de verificação do status de bateria do iPhone no iOS 12, depois de toda a pressão feita após o escândalo da redução de desempenho dos dispositivos pela degradação da bateria. Isso resultou em um comportamento padrão para os usuários, e o recurso acabou se estendendo para outros dispositivos da empresa.

A funcionalidade só chegou ao Apple Watch agora, no watchOS 7. Considerando que estamos falando de um dispositivo que precisa ter a sua bateria recarregada todos os dias, sofrendo em grande parte um elevado consumo de bateria por conta da quantificação de exercícios físicos e uso do GPS, o relógio pode sobreviver sem maiores problemas por até dois anos com 90% de vida útil na bateria, sempre e quando o dispositivo for recarregado com 20% ou mais de bateria.

Agora, vamos ao que interessa. Vamos conhecer o procedimento para consultar a saúde da bateria do Apple Watch.

  1. Vá até a grade de aplicativos (pressione a coroa) e procure as configurações.
  2. Role para baixo até ‘Bateria’.
  3. Clique em ‘ Battery Health ‘.
  4. Observe os dados de ‘Capacidade máxima’: é a quantidade de bateria que ainda está operacional . Quanto menor for essa porcentagem, menos o seu Apple Watch será cobrado pela última vez.
  5. Além disso, é aconselhável marcar a opção ‘Carga otimizada’. Isso o ajudará a manter a bateria mais jovem (embora você não possa chegar ao fim do dia porque o relógio não carregou além de 80%, o WatchOS leva tempo para calibrar o uso).

 

 

 

Antes de concluir…

 

 

É importante deixar claro para o amigo leitor que, em via de regra, qualquer dispositivo da Apple que conta com uma saúde de bateria abaixo dos 90% já começa a dar sinais de envelhecimento e degradação da mesma e, a partir desse ponto, é hora de começar a pensar na troca deste recurso.

Se a saúde da bateria do dispositivo alcançar a casa dos 80%, chegou a hora de trocar a bateria, principalmente quando o telefone, tablet ou relógio inteligente começar a desligar de forma abrupta, ou não mais consegue alcançar um dia de uso completo.

O mais importante é que você tome as providências antes que os problemas comecem a aparecer. Ou troque de dispositivo, e siga a sua vida como se nada estivesse acontecendo. Talvez seja mais fácil pagar um caro preço por um novo dispositivo da Apple.


Compartilhe