TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia
Como utilizar a tela de um notebook velho como segundo monitor | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Como utilizar a tela de um notebook velho como segundo monitor

Como utilizar a tela de um notebook velho como segundo monitor

Compartilhe

Não dá para ficar com tecnologia obsoleta em casa. Isso é o mesmo que jogar dinheiro fora.

Se você tem parado no armário aquele bom e velho portátil que tanto foi útil para você no passado mas que só está ocupando espaço no presente, chegou a hora de reaproveitá-lo de alguma forma. Mesmo um notebook i5 de terceira ou quarta geração com Windows pode ajudar a aumentar a sua produtividade.

Como?

Atuando como um segundo monitor.

Neste post, vamos mostrar como é possível utilizar um notebook antigo como uma segunda tela, acabando de vez com a prática de dividir a sua tela principal o tempo todo.

 

 

 

Como isso é possível?

Ter um segundo monitor é algo fundamental para quem quer aumentar a produtividade no trabalho diário. Eu mesmo uso a tela do meu notebook como a principal, mas não abro mão de ter um grande monitor de 29 polegadas na minha frente.

Dessa forma, consigo abrir duas ou até três janelas com atividades diferentes, e isso faz com que eu ganhe tempo e, por tabela, dinheiro. E todo mundo gosta de dinheiro.

Mas reconheço que não é todo mundo que tem dinheiro para investir em um monitor de grandes dimensões. Por isso, apresento como alternativa o uso de um notebook velho como segunda tela. Os custos são muito menores e produz os mesmos efeitos práticos.

Na grande maioria das vezes, os computadores contam com uma única saída de vídeo, e algumas soluções de hardware até permitem que o velho portátil atue como segundo monitor. Porém, muitos usuários adotam dispositivos com chaves comutadoras, o que exige a escolha de cada monitor ou tela para um determinado momento. E não é isso o que queremos.

 

 

 

Quais são as soluções disponíveis?

A primeira e mais viável é procurar um software que faça esse espelhamento ou compartilhamento de ambientes de área de trabalho do computador principal para a tela secundária, pois isso elimina a necessidade de uso de um comutador dedicado.

Utilizando esses softwares, você poderá inclusive arrastar e soltar arquivos que estão na tela principal para uma exibição na tela secundária. Você não poderá arrastar e soltar janelas ativas para a segunda tela, o que pode ser algo negativo para determinados grupos de usuários.

Existem vários softwares dentro desse segmento, tanto gratuitos como pagos. Por isso, não vou indicar um em específico.

Agora, para quem quer tentar uma solução que está dentro do próprio Windows, basta utilizar um recurso que já está integrado ao sistema operacional da Microsoft: o Miracast.

O Miracast projeta o conteúdo do computador principal na tela secundária, estendendo ou duplicando o ambiente da área de trabalho. É uma solução mais orientada para quem efetivamente deseja ter um segundo monitor para uma experiência completa de produtividade no Windows.

Para utilizar o modo de projeção do Windows, faça o seguinte:

  1. Entre nas Configurações do Windows.
  2. Acesse Sistema > Projetar esse equipamento.
  3. Verifique quais são os equipamentos compatíveis para a conexão e selecione o notebook que vai atuar como segunda tela.
  4. Pode saltar a inclusão do código PIN, pois o segundo notebook será usado apenas como monitor.
  5. Pressione as teclas Windows + P e, na janela que vai aparecer, selecione Estender.

Pronto. O notebook que estava comendo poeira no armário da sua casa agora está atuando como segunda tela do seu sistema atual.


Compartilhe