Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Como usar o Google Bard no Brasil de graça

Como usar o Google Bard no Brasil de graça

Compartilhe

De que vale o Google anunciar a disponibilidade de sua inteligência artificial conversacional Google Bard se o internauta brasileiro não pode utilizá-la?

Uma das novidades mais importantes dos últimos anos na gigante do Mountain View não está disponível no Brasil. Bom, pelo menos não de forma oficial.

Mas como somos brasileiros e não desistimos nunca, já existe uma forma bem simples para utilizar o Google Bard aqui no Brasil. E eu vou compartilhar esse pequeno grande truque a partir de agora.

 

Inteligência Artificial, a protagonista do Google I/O

O Google I/O de 2023 foi marcado pelo protagonismo da inteligência artificial, acima do smartphone dobrável Pixel Fold e do telefone de linha média premium Pixel 7a.

Em um evento de aproximadamente duas horas, apenas um quarto foi dedicado à apresentação de aparelhos, algo que é considerado relativamente normal para uma conferência voltada para os desenvolvedores de software.

Na maior parte do tempo, o Google focou nas inovações em IA, onde a grande novidade foi o anúncio da disponibilidade do Google Bard, que saiu da fase de testes e agora está sendo implantado em mais de 180 países.

O Google Bard é a aposta do Google em inteligência artificial conversacional, e concorre diretamente com o ChatGPT, que é uma grande referência em IA. Ainda não se sabe como será a aceitação da proposta da gigante de Mountain View em comparação com o recurso desenvolvido pela Open AI, mas não podemos duvidar de todo o potencial da empresa líder nas ferramentas de busca na internet.

No entanto, entre 180 países, o Brasil (pra variar) ficou de fora, por conta das leis de privacidade. Mas há uma maneira de contornar essa restrição geográfica e experimentar o Google Bard gratuitamente em seu telefone: usando uma VPN.

E não é necessário procurar um aplicativo VPN para iOS ou Android, já que o navegador Opera integra essa função. O popular navegador web conta com uma interface elegante e refinada que proporciona uma boa experiência na internet, e integra recursos exclusivos que otimizam a vida dos usuários.

E um desses recursos integrados é um VPN gratuito.

 

Como usar o Google Bard com o VPN do Opera

Para usar o Google Bard com a VPN do Opera, basta fazer o download do navegador (de graça) na Google Play Store para Android ou na App Store para iPhone. Depois de instalado, vá para ‘Configurações’ e entre na área de ‘VPN’. Lá, você terá que selecionar outra localização, como ‘Américas’, e clicar em ‘Conectar’ para ativar a VPN.

Com a VPN do Opera ativada, basta ir para o site do Google Bard e clicar no botão azul ‘Entrar’. Digite seu endereço de e-mail do Google e siga as instruções. A experiência de uso é muito semelhante ao do ChatGPT, e você pode fazer uma série de perguntas ou solicitar a execução de tarefas simples.

O truque também funciona na versão do Opera para desktops, pois o conceito de funcionamento é o mesmo. E uma das principais vantagens do uso desse navegador com VPN integrado é justamente não precisar desembolsar nenhum centavo, seja para aplicativos dedicados, seja para o Google One, que também conta com o recurso de rede virtual para os assinantes do plano de 2 TB de armazenamento na nuvem.

É importante lembrar que o uso de uma VPN pode ter implicações de segurança e privacidade, e é necessário escolher um serviço de qualidade para proteger seus dados. Além disso, é importante ler as políticas de privacidade do Google Bard e entender como seus dados serão usados.

De qualquer forma, o uso do VPN do Opera pode ser considerado seguro para a grande maioria dos internautas que desejam utilizar o Google Bard antes que ele esteja disponível no Brasil. Para os mais preocupados, é só evitar o compartilhamento de dados sensíveis ou credenciais de acesso de sites de bancos, e tudo vai dar certo.

Você pode inclusive usar uma conta secundária do Google para o uso com o VPN do Opera. Não tem a necessidade de ceder informações de nome de usuário e senha da conta principal. Qualquer conta do Gmail serve para ter acesso ao Google Bard.


Compartilhe