cérebro

O cérebro humano é tão maravilhoso, que apaga aquilo que não usa, liberando espaço para novos aprendizados. Não por acaso, a melhor forma de aprender algo é na prática. Quanto mais você pratica qualquer coisa, seu cérebro cria mais conexões cerebrais relacionadas com o que você está aprendendo. E, a partir daí, também começa a esquecer as coisas.

Cada lembrança possui conexões cerebrais. Quando você usa pouco, essas conexões se marcam com a proteína C1q (e algumas outras). Por outro lado, as células microgliais são encarregadas de desfazer as conexões que não são utilizadas.

Logo, quando encontram uma conexão marcada com essa proteína, ela é simplesmente destruída, ficando pronta para aprender coisas novas.

O segredo para tudo funcionar bem começa pelo dormir bem e o suficiente. Mas isso não é tudo. Para que as conexões de aprendizagem sejam destruídas com sucesso é fundamental que não a utilizemos.

Literalmente, basta ‘se distrair com outra coisa’ quando não puder pensar em algo. De fato, isso é o que ajuda a deixar de usar tais conexões.

Medite ou faça algo que ocupe sua mente por completo. Mude de pensamento quando você quer esquecer de algo que está na sua mente. Com o tempo, essas conexões serão marcadas e destruídas.

Também pode ajudar a vontade de aprender as coisas. Desse modo, o sue cérebro saberá quando é o momento de liberar espaço no seu ‘disco rígido’.

Em resumo: abandone o ócio criativo. Pode parecer algo fácil, mas requer muita disciplina.

Você está preparado?