Compartilhe

Em março de 2019, esse assunto começou a ser especulado na internet. Porém, a tão esperada função de bloqueio do WhatsApp através da identificação biométrica por digital está cada vez mais próxima dos usuários do Android.

Depois de um longo período desaparecida dos sites de tecnologia, a função voltou a ganhar evidência, quando a versão 2.19.221 da beta do WhatsApp foi entregue aos desenvolvedores, trazendo como grande novidade o tão esperado recurso.

Ou seja, para quem é usuário beta ou desenvolvedor do WhatsApp, pode começar a usar essa funcionalidade desde já. E nesse post, mostramos como você pode habilitar o recurso agora em seu smartphone.

 

 

Como habilitar o bloqueio de chats por impressão digital no WhatsApp

 

Lembrando que o recurso dispensa o uso de aplicativos de terceiros para utilizar a mesma funcionalidade, e que é um requisito básico você ter instalada a mais recente versão beta do WhatsApp para tudo funcionar.

Seguindo os dois pré-requisitos fundamentais, para proteger os seus chats do WhatsApp no Android basta acessar os ajustes do aplicativo (os três pontos na parte superior direita da tela de conversas) e selecionar Ajustes > Conta > Privacidade. Dentro do menu que vai aparecer, basta localizar a opção de desbloqueio através de leitura de digital.

 

 

O bloqueio vai funcionar da mesma forma que o desbloqueio do smartphone: ele abre o aplicativo do WhatsApp, mas vai exibir uma tela de autenticação que vai impedir a leitura dos chats no aplicativo, até que o mesmo identifique o usuário através do leitor de digitais.

O WhatsApp vai pedir a verificação da digital por um pequeno período de tempo, e o usuário vai poder escolher entre o desbloqueio automático ou a confirmação depois de um minuto ou por até 30 minutos, o que permite seguir utilizando o aplicativo sem ter que confirmar a digital do usuário o tempo todo.

 

 

Ainda não está confirmado se o bloqueio dos chats do WhatsApp via digitais estará disponível na próxima atualização do aplicativo, prevista para o mês de setembro. Além desse recurso, também é esperada a estreia do modo escuro, mas o recurso de segurança reaparecer depois de tanto tempo coincide (e muito) com o método de integração visto nas betas anteriores e atualizações do WhatsApp.

 

 

Enquanto isso, no iOS, o bloqueio de conversas já está ativo

 

Esse é mais um recurso que chega no Android com um enorme atraso em relação ao iOS. Desde o começo de 2019, os usuários do iPhone já pode bloquear o WhatsApp não apenas pela leitura da digital via TouchID, mas também pode realizar o desbloqueio através do reconhecimento do rosto, via FaceID.

O bloqueio por impressão digital foi liberado no iOS em fevereiro e pode ser habilitado ao seguir Ajuste > Conta > Privacidade. E se os dois métodos biométricos falharem no desbloqueio do WhatsApp no iPhone, o usuário ainda pode apelar para a senha do telefone para acessar as conversas.

 

Via WABetaInfo


Compartilhe