Compartilhe

Vamos supor que você quer ir para os Estados Unidos para estudar em Harvard, mas negam o seu visto por causa de suas mensagens de WhatsApp, Facebook e outras redes sociais. Ou pior: por causa das mensagens produzidas e enviadas pelos seus amigos.

Sim. Isso pode acontecer.

 

 

Cuidado com as suas mensagens do WhatsApp e Facebook

Isso aconteceu com um estudante de 17 anos, de origem palestina que, ao chegar nos Estados Unidos, foi interrogado. Depois de revisarem o seu computador e celular, o seu visto de entrada no país foi revogado por causa das mensagens que não foram muito bem vindas para o agente que revisou as mesmas.

Este não é um caso isolado. Isso está ficando cada vez mais frequente, e o motivo para o veto ao visto pode não ser apenas as suas mensagens, mas também as mensagens dos seus amigos, sejam aquelas mensagens publicadas como as mensagens enviadas diretamente para você.

De fato, para solicitar um visto para os Estados Unidos, passou a ser obrigatório o envio dos seus dados nas redes sociais. Não vou aqui recomendar que você apague todas as mensagens que você escreveu antes de entrar nos Estados Unidos, muito menos que você crie contas falsas nas redes sociais apenas para mostrar um perfil teoricamente mais limpo. Porém, é fundamental ter cuidado com a sua conta das redes sociais, já que uma deportação não é algo que podemos chamar de ‘divertido’, e você com certeza não vai querer ter esse incidente em seu registro pessoal.

 

 

Diga-me com quem conversas, e você me dirá quem és

Muitos podem entender que esta é uma baita violação de privacidade, mas estas são as regras do jogo no momento. É melhor você cumprir as regras primeiro para questioná-las depois. Logo, é melhor tentar entregar uma abordagem mais tranquila e suave nas suas redes sociais se você pretende entrar nos Estados Unidos em algum momento no futuro.

Eu mesmo já desisti do visto. Xinguei Donald Trump no Twitter em diversas oportunidades.


Compartilhe