Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Como ter 238 abas abertas no navegador web e não morrer na tentativa

Como ter 238 abas abertas no navegador web e não morrer na tentativa

Compartilhe

Ter muitas abas abertas em um navegador web é, para muitos, sinônimo de produtividade. Eu mesmo preciso ter vários itens acessíveis nas janelas do navegador para poder trabalhar com diferentes assuntos e, em alguns casos, não me perder com tanto conteúdo disponível.

Já para outras pessoas isso pode ser sinônimo de enorme preguiça, já que algumas pessoas não querem perder tempo na manipulação desse conteúdo.

Seja como for e, independente do motivo que leva você a ter tantas abas abertas no navegador web, uma coisa é fato: o software vai cobrar o preço de suas atitudes de forma direta no seu computador, comprometendo o desempenho geral do desktop ou notebook.

 

 

 

Ter muitas abas abertas pode ser um grande problema

É o meu caso.

O preço que me foi cobrado para ter mais de 200 abas abertas no notebook foi investir pesado em uma enorme quantidade de RAM (no meu caso, 32 GB de RAM LPDDR4x de 3.200 MHz) para garantir que posso estressar o Google Chrome, o Brave ou o Microsoft Edge do jeito que eu quisesse.

E… acredite… essa RAM não custou nada barato.

Já Michael Salim é um desenvolvedor que relatou em seu blog como era a sua vida infeliz ao ter mais de 200 abas abertas no seu navegador web para trabalhar.

A justificativa de Michael para ter esse conteúdo disponível o tempo todo eram as diversas extensões que ele mesmo desenvolveu para que, dessa forma, navegar na internet não se tornasse um caos completo.

Depois de muito trabalho, empenho e tempo gasto na frente do computador, Michael finalmente tem todo o seu conteúdo impecavelmente organizado, podendo recorrer ao seu histórico de navegação sempre que ele quisesse.

Afinal de contas, tudo estava mais organizado e acessível do que nunca, o que pode ser considerado uma vitória para qualquer pessoa que navega na internet.

 

 

 

Uma nova forma de trabalhar com um número enorme de abas

O conceito de navegação web por abas evoluiu nos últimos anos. Hoje, softwares como os já mencionados Google Chrome, Microsoft Edge e Brave se aproveitam dessa característica e, cada uma do seu jeito, melhora o recurso através de soluções como Coleções, abas verticais e abas em modo de hibernação.

Outra ideia bem original que melhora o uso das abas nos navegadores web foi implementada pelo software Vivaldi, que apresentou ao mundo as “Abas Acordeão”, o que é uma solução bem original para quem quer uma maior organização desses elementos na tela do seu computador.

Por outro lado, as abas nos navegadores web entregam um problema muito sério para o seu computador, e já mencionamos isso neste post: ter muitas abas abertas pode acabar com o desempenho do PC com o passar do tempo.

Na prática, cada aba aberta nada mais é do que um processo a mais que o computador entende como memória associada. Ou seja, abrir muitas abas de um navegador web faz com que a memória disponível se esgote, e todo o fluxo de trabalho pode ficar mais lento, não apenas para o seu software de navegação de internet favorito, mas para o computador como um todo.

Além disso, fica muito mais difícil navegar entre as abas se contamos com várias janelas abertas ao mesmo tempo, pois a localização da informação que você mais deseja ou precisa se torna um processo caótico.

Os favicons até podem ajudar em algumas situações, mas quando o número de abas abertas é elevado, fica mais difícil lembrar qual era a aba que você estava consultando poucos minutos antes de você se sentir confuso diante do computador.

E é aqui que as extensões escolhidas por Salim entram em ação.

Ele relata que usa várias extensões na sua instalação do Firefox para solucionar todos os problemas relacionados com as abas abertas. Uma dessas extensões se chama Tree Style Tab, que permite o acesso a um modo de abas verticais que nada mais é do que uma versão melhorada da solução disponível no Microsoft Edge.

Uma das vantagens da Tree Style Tab é que as novas abas que vamos abrir a partir de uma outra aba que está aberta será adicionada à arvore de outros favoritos, permitindo que fique mais fácil reproduzir os conteúdos abertos naquela sessão, inclusive para se obter um caminho de referência para chegar naquela página ou fonte.

Outras extensões também podem ajudar nessa tarefa. A Vimium permite o controle de todas as opções disponíveis no navegador web, e essa navegação por abas será gerenciado por atalhos de teclado.

Na prática, a aba anterior ou a próxima podem ser deslocadas com facilidade, mas sempre que o usuário quiser, pode utilizar uma espécie de buscador de abas integrado, que facilita a seleção de sites, blogs, portais ou outros conteúdos na internet.

E é nesse momento que você certamente vai fazer uma das perguntas mais importantes do dia de hoje: o que acontece com o consumo de memória do navegador web?

Afinal de contas, se você vai abrir muitas abas do navegador web no computador, as chances da memória se preencher de forma perigosa são grandes.

Neste caso, você pode usar mais uma extensão que resolve o problema, como é o caso da Sideberry. Ela organiza as abas abertas em painéis ou escritórios virtuais. Dessa forma, você pode compartilhar a sessão do seu navegador em ambientes ou propostas diferentes.

O Sideberry também permite realizar o “download” das abas abertas do Firefox, em uma ideia similar ao recurso de “Abas Dormentes” que a Microsoft desenvolveu para o Edge.

O que isso quer dizer?

Quer dizer que, ainda que a caba esteja acessível, na prática ela não usa recursos ou consome memória do computador. Assim, é possível abrir novas abas enquanto estamos descarregando outras, e isso vai garantir a integridade do desempenho do seu computador durante as tarefas de navegação na web.

De qualquer forma, é muito interessante observar a forma de revolucionar o uso dos navegadores web para que mais e mais abas sejam executadas sem afetar de forma substancial o desempenho do nosso PC ou laptop.

E, principalmente, evitando que a loucura se instale em nós, que perdemos muito tempo na vida trocando as inúmeras abas disponíveis para o seu trabalho ou estudo.


Compartilhe