Compartilhe

Vai me dizer que você não queria saber disso antes…

O Android é um dos sistemas operacionais mais populares do mundo, e por isso podemos ver todos os dias notícias relacionadas a ele de alguma forma. Mas se existia uma notícia que praticamente ninguém sabia da informação real ou esperava receber essa informação em algum momento no futuro é essa: o nome oficial do mascote de Android.

 

 

Não… ele não se chama Androidzinho…

O simpático robozinho do Android apareceu em diversos action figures que muitos de nós possuem materializados em nossas bancadas de trabalho, assim como em anúncios de atualização do sistema operacional. Mas mesmo nessas diversas aparições, algo que nunca apareceu foi o nome do pequeno personagem.

Talvez porque ninguém teve essa curiosidade como uma necessidade real e imediata em ser respondida. Ou porque ninguém no departamento de marketing do Google pensou a sério em responder a questão. De qualquer forma, apareceu uma resposta.

Mas antes, é importante mencionar que não existe um nome registrado de forma oficial para o mascote do Android, de modo que é natural a existência de várias versões para a origem desse nome.

Dito isso, algumas pessoas garantem que o robô Android se chama Andy, em referência à Andy Rubin, mas isso não é algo oficial, fazendo parte dos rumores em torno do verdadeiro nome. Por outro lado, o nome que pode ser catalogado como oficial é Bugdroid. De novo: esse nome não está registrado em nenhum documento de forma oficial, mas foi o nome com o qual a designer Irina Block batizou o pequeno robô verde na hora de apresentá-lo.

Mesmo com os dois nomes não sendo oficiais, custa a acreditar que exista algum fundo de verdade nos dois nomes. Então, na falta de fontes oficiais, podemos chamar o robô de forma extraoficial de Andy Bugdroid, dando nome e sobrenome ao boneco. Dessa forma, ele recebe o nome de alguém muito importante na indústria de tecnologia, ao mesmo tempo que mantém a personalidade ao qual ele já recebe a atribuição.

Não são nomes considerados espetaculares, convenhamos. Mas esse é um símbolo que ficou tão marcado na mente das pessoas, que tentar batizá-lo pode ser um grande problema. Podem chamar o robô do que quiser e, a essa altura dos acontecimentos, pouco importa. Vai ser difícil desvincular a simpática imagem do personagem com o Android.

 

 

Ou seja… Android!

No imaginário popular da maioria dos usuários de tecnologia, o nome Android está diretamente associado ao pequeno robô. Muitos lembram de forma imediata com o sistema operacional do Google quando encontram esse pequeno boneco por aí. Por isso, chamar ele de Android não é um grande absurdo.

Acredito que será um pouco inútil tentar batizá-lo com algum outro nome que não seja esse. Até entendo a necessidade institucional em dar um nome para o robô, mas não vai ser isso que vai fazer com que ele adote uma nova personalidade que invariavelmente um novo nome pode atribuir.

O robô Android já é popular o suficiente para ser rebatizado. Por isso, é melhor manter o nome do jeito que está, evitando assim um desnecessário desgaste de imagem (e desgaste do nosso tempo também).


Compartilhe