TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Como saber se o seu provedor está limitando a velocidade de sua internet | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Como saber se o seu provedor está limitando a velocidade de sua internet

Como saber se o seu provedor está limitando a velocidade de sua internet

Compartilhe

Fato: a sua operadora de internet banda larga adora reduzir a velocidade da sua conexão. Da minha, da sua e de todo mundo que nós conhecemos. Por que? Porque as operadoras querem mais em mais dinheiro e, para isso, oferecem produtos de baixa qualidade para os clientes.

É claro que você pode sofrer de falhas pontuais de conexão de vez em quando. Porém, quando a baixa qualidade de sua internet é uma constante, é possível que a operadora esteja interferindo nisso de propósito, em uma prática conhecida como traffic shaping. Ou melhor, com o propósito de arrancar o seu dinheiro.

Neste post, vamos mostrar alguns sintomas que podem indicar para uma interferência deliberada do provedor de internet na redução de velocidade de sua conexão, e o que você pode fazer para contornar isso.

 

 

 

Por que o provedor de internet reduz a nossa velocidade?

Para reduzir os custos da própria operadora.

Quando você consome uma grande quantidade de dados, é a operadora que precisa trabalhar mais para oferecer uma boa qualidade de internet para todos os clientes. E… pode ter certeza de uma coisa: qualquer provedor odeia quando acessamos serviços como YouTube e Netflix, ou quando jogamos nossos games favoritos no Xbox.

A prática pode ser considerada comum e até legal, mas não quer dizer que temos que tolerar este tipo de coisa todos os dias. Por isso, a partir de agora, vamos mostrar como você pode constatar a redução de velocidade de internet de forma deliberada por parte do provedor de internet.

 

 

 

Verifique a velocidade de internet no dispositivo

É a melhor forma para descobrir se o seu provedor de internet está reduzindo a velocidade de sua conexão.

Existem vários serviços que medem a velocidade de internet. Alguns são mais confiáveis que os outros, mas sempre é possível obter uma média quando testamos vários desses serviços diferentes. Um dos mais recomendados é o Laboratório de Medição do Google.

Faça vários testes em diferentes horários do dia, e comprove se na maioria das vezes a velocidade registrada é menor que a quantidade contratada. Se isso acontecer, reclame com o provedor de internet, pois ele está prejudicando essa conexão.

 

 

 

Realize testes de velocidade de vídeo

Pode ser que o seu provedor de internet seja especificamente sacana e acabe limitando a velocidade de sua conexão durante a reprodução de vídeos, forçando assim que o usuário contrate planos mais caros para obter melhores resultados no streaming.

Neste caso, faça um teste de velocidade com o Fast.com (Netflix) ou com o Video Quality Report (Google). Ambos podem denunciar se a sua internet está sendo capada nas reproduções de vídeo.

 

 

 

Use um serviço de VPN

Usar uma rede privada ou VPN permite que você faça uma navegação de internet anônima, o que impede que o provedor rastreie a sua atividade e, por consequência disso, limite a sua conexão. É a melhor forma de verificar se somos vítima do traffic shaping.

 

 

 

Problemas de interconexão

Use o Internet Health Test para verificar as rotas e detectar problemas entre os provedores, o que também pode modificar a velocidade de conexão de internet, obrigando o usuário a pagar valores adicionais para acessar determinados conteúdos.

Esse é um problema entre os provedores de internet, e você não tem nada a ver com isso. Se o seu provedor está com essa encrenca, pode simplesmente escolher sair dele.

 

 

 

Escaneie as portas

As portas de conexão podem ser afetadas por conta de algum dispositivo ou programa, o que pode afetar o desempenho das conexões de internet. Portas utilizadas para funcionar com jogos ou programas com maior demanda de banda tendem a ser afetadas.

Verifique se as portas para conexões específicas foram afetadas pelo provedor, principalmente nas conexões para jogos ou transferência de arquivos P2P. Se isso está acontecendo, é quase certo que a interferência externa para reduzir a conexão existe.

 

 

 

O que você pode fazer nestes casos?

A primeira medida é conversar com o provedor de internet e deixar claro que você sabe que isso está acontecendo, e que quer uma solução para receber a conexão contratada, já que o traffic shaping pode ser considerado quebra de contrato.

Se o provedor de internet demonstrar uma certa má vontade em resolver o problema, você pode contratar um VPN para navegar sempre em modo anônimo, ou até mesmo mudar para um provedor de internet que não realize essa prática no Brasil. Algo que (digo desde já) é bem difícil de encontrar.


Compartilhe