Compartilhe

Hackear o Facebook não é uma tarefa fácil para uma pessoa sem os devidos conhecimentos sobre o assunto. Porém, para um hacker experiente, pode não ser algo tão complicado assim. O início da sessão automático pode permitir aos hackers o acesso a diversas contas em outras redes, tão logo o meliante assuma o controle do seu perfil na rede social de Mark Zuckerberg.

Algumas páginas ou serviços de spam roubam o controle de sua conta para adicionar ou seguir pessoas, por exemplo. E por causa da quantidade de dados pessoais, podem inclusive roubar a sua identidade por completo.

Se alguém tiver acesso a sua conta do Facebook mas não publica nada no seu perfil, pode ser algo bem complicado saber quem está ali acessando os seus dados. Nesse post, vamos mostrar como você pode detectar um acesso não autorizado na sua conta na rede social, e o que você pode fazer nesses casos.

 

 

Como detectar um acesso não autorizado em sua conta do Facebook?

Para descobrir quais dispositivos iniciaram uma sessão com a sua conta, vá em Ajustes > Segurança. Uma vez ali, vá até o item que mostra onde você iniciou sessão no Facebook.

Nesse item, serão listados todos os dispositivos onde a sua conta iniciou uma sessão e que está ativa. Além disso, você pode fechar todas as sessões suspeitas (ou não) no mesmo menu.

Computadores, smartphones, tablets e navegadores mobile diversos. Todas as sessões iniciadas em sua conta do Facebook estão ali, com a respectiva localização aproximada desse dispositivo no momento em que a sessão foi iniciada.

Se você detectar nessa lista algum dispositivo ou localização que você não reconhece, é bem provável que você tenha sido hackeado.

 

 

O que fazer se você não reconhecer um início de sessão?

A primeira coisa a fazer é encerrar a sessão que você não reconhece. No menu que mostra onde você iniciou as sessões de sua conta do Facebook, você vai encontrar um link para fechar essa sessão.

O segundo passo é mudar a sua senha de forma imediata. Clique nesse link para obter ajuda do suporte do Facebook. Eles contam com um sistema que vai ajudar nesses casos, evitando que o hacker reassuma o controle de sua conta.


Compartilhe