Wetten.com Brasil Apostas
Home » Dicas, Truques e Macetes » Como rodar aplicativos Linux no Windows 10

Como rodar aplicativos Linux no Windows 10

Compartilhe

A atualização de maio de 2021 do Windows 10 trouxe uma série de novidades para os seus usuários, incluindo a esperada compatibilidade com os aplicativos do Linux no sistema operacional da Microsoft.

Quem poderia imaginar que a mesma Microsoft do passado iria abraçar o Linux de forma tão forte, não? Então… já dá para dizer que 2021 é (finalmente) o ano do Linux no PC?

De qualquer forma, já que o recurso existe, vamos mostrar como é possível rodar aplicativos Linux no Windows 10 a partir de agora.

 

 

 

Não é para todo mundo

Antes de continuar, é importante lembrar ao amigo leitor que este recurso não está disponível para todos, pelo menos neste momento em que este artigo foi publicado.

O recurso que habilita os programas Linux para rodar no Windows 10 está disponível para os membros do Windows Insider e está em fase de testes, de modo que aqueles que decidirem testar a novidade podem encontrar algumas falhas na execução dos programas ou no funcionamento do sistema operacional.

Mas se você está ciente do que foi exposto no parágrafo anterior, pode clicar neste link e fazer a sua inscrição no programa Insider para testar a novidade.

Uma vez feito o registro, a ferramenta de atualizações do Windows vai reconhecer que você é um usuário do programa Insider. Com isso, você pode atualizar o sistema operacional, instalando os arquivos necessários para habilitar o recurso.

 

 

 

Como usar os aplicativos Linux no Windows 10?

Você vai precisar executar o Windows PowerShell para executar os programas Linux no Windows 10. Digite na barra de comandos do Cortana “Windows PowerShell” e execute o primeiro programa que aparecer em modo de Administrador.

Com o Windows PowerShell aberto, digite o seguinte comando: wsl -install -d Ubnuntu

O comando vai promover o download e a instalação de todos os arquivos necessários para a instalação e execução dos programas Linux.

Reinicie o computador para que todos os complementos sejam instalados e, após a reinicialização, tudo o que você precisa fazer todas as vezes que for utilizar um programa Linux é abrir o Windows PowerShell em modo de Administrador e digitar o comando wsl antes de realizar a interação com esses programas. Quando o uso do aplicativo terminar, digite o comando “exit”.

O mais importante de tudo isso é ter os comandos “sudo apt update” e “sudo apt upgrade”, que confirmam que os arquivose stão atualizados com os elementos necessários para a execução dos programas. Por exemplo, se você quer instalar o GIMP, o comando a utilizar é: sudo apt install gimp-y, e a instalação vai começar. Depois disso, basta digitar “gimp” para executar o programa.

Pronto: você está usando aplicativos Linux no Windows 10. A grande vantagem desse recurso é que você pode dispensar o uso de máquinas virtuais para utilizar aplicativos e recursos desse sistema operacional, o que permite o uso da solução até mesmo em máquinas teoricamente mais modestas.

 

 

Via Business Insider


Compartilhe