Restaurar o Windows 10 para a configuração de fábrica é o equivalente a uma instalação do zero, mas mais simples e rápida de se realizar. É indicada quando temos problemas com o sistema operacional que não podem ser resolvidos por outros meios.

Mais cedo ou mais tarde você vai acabar utilizando esse recurso, já que o Windows acaba degradando o seu desempenho com o passar do tempo, pelo uso, instalação/desinstalação de aplicativos ou controladores, falhas em atualizações ou malwares.

Usuários avançados ou aqueles que querem manter o seu computador o mais limpo possível para um melhor desempenho usam técnicas de manutenção ou aplicativos de terceiros para resolver problemas. Mas nem sempre isso é possível ou ao alcance do usuário comum.

Logo, a ferramenta de restauração do Windows 10 é bem vinda. A Microsoft simplificou o procedimento, e vamos mostrar o passo a passo a seguir.

Primeiro, acesse a ferramenta de recuperação em Iniciar > Configurações > Atualização e Segurança > Recuperação.

Execute “Recuperar esse PC”, e você terá a opção de manter os arquivos pessoais, ou eliminar todos os arquivos.

Nos dois casos, os aplicativos e a configuração do sistema serão eliminados, apagando e formatando as partições antes de instalar de novo o Windows 10.

Se você optar por “Eliminar Tudo”, a ferramenta permite salvar os arquivos em outras unidades de armazenamento fora da principal, onde o sistema operacional está instalado.

Se você escolhe a opção “Manter Meus Arquivos”, a ferramenta fará uma cópia dos mesmos para devolvê-los ao seu local original depois da instalação do sistema.

Restaurado o sistema, acesse o Windows Update para para atualizar o software, instale os aplicativos que você precisa e os controladores oferecidos pela Microsoft ou por terceiros.

Muito mais simples e prático que instalar tudo do zero. Certo?