Compartilhe

Google Play e App Store são as duas lojas de referência para comprar aplicativos Android e iOS. Quando compramos um aplicativo, normalmente o fazemos de forma consciente. Mas… e quando o app não cumpre com o esperado? Ou se você não gosta de um jogo?

As duas lojas permitem a devolução de apps e jogos, sempre e quando algumas condições são cumpridas. Nesse post, vamos revisar essas condições, além de abordar as assinaturas realizadas nas duas lojas.

 

 

Aplicativos e jogos no Google Play

 

 

Aqui, funciona da seguinte forma:

– Aplicativos e jogos: devolução em antes de duas horas apenas na primeira vez que você faz o download do conteúdo.
– Conteúdo digital: Não há reembolso. A única exceção é em caso de conteúdo defeituoso.

Ou seja, se você compra um jogo ou app, devolve e volta a comprar esse item, você não tem re-embolso na segunda vez. Nos conteúdos digitais, nada de devolução, a não ser que o produto esteja com defeito ou não entregue o que prometeu. E só nesses dois casos bem específicos é que o Google costuma devolver o dinheiro pago pelo conteúdo.

Lembrando que o re-embolso não é imediato. Ele leva entre três e cinco dias úteis nas compras realizadas com um cartão de crédito ou débito ou no PayPal.

A política de re-embolso do Google é bem simples: clique nesse link da Google Play, acesse o seu histórico de pedidos e selecione o item para solicitar um re-embolso. Escolha uma das opções disponíveis para devolução do valor e emita a ordem de devolução.

 

 

Aplicativos e jogos da App Store

 

 

O processo é mais simples. Você tem 14 dias para devolver um aplicativo ou jogo, e não há garantias que você vai conseguir a devolução. Depois desse tempo, nada é devolvido, mesmo em caso de problema técnico ou produto defeituoso. Você pode entrar em contato com o suporte técnico para encontrar uma solução.

A Apple tem uma política de não abuso da prática de compra e devolução de muitos aplicativos de forma recorrente, podendo acabar com o seu direito de re-embolso. Ocasionalmente, uma solicitação de devolução pode ser recusada se houver provas de fraude, abuso ou outra tentativa de manipulação.

– Aplicativos e jogos: até 14 dias, sempre e quando você não abuse do direito de devolução.
– Conteúdo digital: uma semana. A única exceção é para conteúdos com defeito.

A Apple ainda dá a opção em contatar de forma direta o desenvolvedor do aplicativo para solucionar problemas como defeito, ou você pode reportar de forma direta para a Apple. Esse é o mesmo processo a seguir para solicitar o re-embolso de apps e jogos.

Outra exceção é quando um menor de idade comprou um produto digital dentro do app sem o consentimento ou conhecimento de um adulto titular da conta. Aqui, você especifica no relatório do problema para a avaliação do time do iTunes, que vai tomar uma decisão a respeito. O prazo para a resposta dessa solicitação é de uma semana.

Para pedir o re-embolso na App Store, acesse a página da Apple, iniciando sessão com o Apple ID e buscando o aplicativo ou micro-pagamento em questão. Aqui, você pode escolher uma das opções disponíveis, e a Apple vai pedir para você explicar os motivos para o seu cancelamento.

 

 

O que acontece com as assinaturas?

Google Play e App Store permitem o acesso às assinaturas. Nos dois casos, podemos gerenciar as atualizações e cancelar cada uma delas. Mas antes, leve em conta alguns fatores.

Na Google Play, quando você realiza uma compra ou se inscreve em um conteúdo digital na Google Play, você aceita que o conteúdo será oferecido para você de forma imediata, entendendo que, como consequência disso, você renuncia ao seu direito de desestimento.

Logo, a única chance de re-embolso é em caso de defeito no conteúdo digital, ou não com o desempenho indicado. De um modo geral, a única coisa que você pode fazer é cancelar a assinatura para evitar as cobranças adicionais.

Algo parecido acontece com a App Store. Se você pagou uma assinatura usando o Apple ID, você pode pedir o re-embolso se ela foi feita sem o seu consentimento, e ainda assim a Apple vai analisar o seu caso. Você também pode gerenciar as suas assinaturas via App Store para cancelar as mesmas a qualquer momento.

Depois do cancelamento, você pode seguir utilizando o serviço até que chegue a data de cobrança. Porém, é preciso ter cuidado com os períodos de testes, pois em alguns casos, canelar o período de testes pode significar o fim do acesso ao serviço de imediato.

 

Via Google, Apple


Compartilhe