Como não morrer de tédio durante a quarentena em casa?

Compartilhe

Com a crise do coronavírus, qualquer pessoa pode ser obrigada a ficar em quarentena em casa. E é importante arrumar o que fazer dentro dos nosso domínio doméstico. Nesse post, vamos oferecer sugestões para você matar o tempo livre ou ser produtivo dentro de casa ou apartamento. Além disso, indicamos algumas tarefas práticas que podem ser bem vindas para quem não sabe o que fazer em um eventual período de isolamento.

 

 

 

Fazer exercícios com aplicativos especializados

 

 

As academias são um dos pontos de contágio pelo contato com outras pessoas e constante eliminação de fluídos corporais. Mas você não vai deixar de fazer exercícios por causa disso, certo? Logo, tanto App Store como Google Play oferecem apps de treinamento em casa, que se adaptam ao seu ambiente doméstico. Basta fazer uma busca nas lojas de aplicativos para encontrar boas opções.

 

Exercícios domésticos – Sem Treinos em Equipe

Rotinas de treinamento em casa

Adidas Runtastic: Treinamento em casa

Fitness Feminino: Treinamento feminino

 

 

 

 

Aprenda a cozinhar com a ajuda do YouTube

 

Você precisa comer, mas não é obrigado a comer a mesma coisa todos os dias. Mesmo com vários sites de receitas culinárias, a melhor forma de aprender uma nova receita hoje é ver essa receita em um vídeo no YouTube. Canais nacionais com receitas não faltam.

 

 

 

 

 

Home office (ou adiantar o trabalho em casa)

 

A maioria das empresas optaram pelo teletrabalho ou home office para evitar que os profissionais fiquem aglomerados em escritórios. Outros profissionais já estão levando o trabalho para casa por conta. Temos várias ferramentas de gestão de equipes, videoconferências, gestão de tarefas, de arquivos em modo remoto, controle de computadores e servidores à distância, entre outros. A seguir, alguns exemplos:

Doodle
Jiffy
Slack
Google Hangouts
Skype
Trello
WeTransfer
Microsoft Office 365
Google Remote Desktop
Team Viewer

 

 

 

Contos interativos para entreter as crianças

 

Tanto Google Play como App Store contam com vários contos interativos com jogos integrados, animações e locuções personificadas para crianças. Alguns sites fornecem pequenas histórias que podem ser criadas por nós mesmos através dos tais jogos interativos. Qualquer opção é boa para ocupar o tempo das crianças em casa.

 

 

 

Visitar museus online

 

Alguns dos museus das principais cidades do mundo se valem de vídeos e tecnologia de realidade aumentada para que as visitas virtuais fiquem mais completas e imersivas. O Museu do Louvre de Paris, por exemplo, conta com vídeos em 360 graus que permitem a navegação por todas as suas instalações. Já outros contam com texto plano para explicar o contexto histórico de suas obras e do seu autor. Tudo de graça. Vale a pena.

 

Museu de História Natural em Londres

Museu Arqueológico Nacional em Madrid

Museu de Ciências Naturais em Madrid

Museu Hermitage em São Petersburgo

Museus do Vaticano no Vaticano

Museu Nacional da Força Aérea dos Estados Unidos

Metropolitan Museum of Art em Nova York

MoMa em Nova Iorque

Museu Thyssen-Bornemisza em Madrid

Teatro-Museu Dalí em Figueras

Museu Nacional do Iraque

Museu Solomon R. Guggenheim em New York

Museu Britânico em Londres

Museu Memorial do Holocausto dos Estados Unidos em Washington

Museu Picasso em Málaga

Louvre em Paris

Museu Americano de História Natural em Nova York

Instituto Oriental em Chicago

 

 

 

 

 

 

Educação à distância

 

Existem vários aplicativos voltados para a edução para Android e iOS. Apps de videoconferências, exercícios, aulas de idiomas e disciplinas, entre outros. A maioria de graça, mas alguns com planos para conteúdos pagos.

 

 

 

YouTube Kids

 

Aplicativo exclusivo para as crianças, oferecendo vídeos específicos e publicidade adaptada para mostrar sugestões de acordo com a idade deles. Possui cinco categorias (Arte e Trabalhos Manuais, Jogos e Brincadeiras, Aprendizagem, Hobbies e Programas de TV e Desenhos Animados), e todos os vídeos passam por um filtro onde os pais podem interferir para garantir um conteúdo seguro. A má notícia é que não possui uma versão web: só está disponível para as plataformas móveis.

 

 

 

 

 

Aprenda as bases da programação

 

Aprender a programar nunca foi tão fácil, e você pode recorrer a exercícios de pseudocódigo e cursos especializados. Também existem milhares de aplicativos e sites educacionais que ensinam a programar de forma bem simples. O Google Glasshopper é uma das melhores plataformas para essa finalidade.

 

 

 

Faça meditação

 

Meditar em momentos tão tensos como o que vivemos nesse momento sempre ajuda. Você pode encontrar um leque de aplicativos de meditação para smartphones, e dessa forma pode reduzir a ansiedade de permanecer preso em casa. Alguns dos apps trabalham com smartbands e smartwatches para monitorizar as pulsações do coração e garantir a correta execução dos exercícios.

 

 

 

Assistir séries e filmes online

 

 

São tantas plataformas de streaming, que não há grandes dificuldades para você escolher algum conteúdo para assistir durante a quarentena. Particularmente, essa é a melhor opção para matar o tempo para ficar em casa durante tanto tempo. Aproveite e faça as maratonas das séries que você prometeu que faria, mas não tinha tempo.

Então… agora tem!

 

 

 

Se atualize nos videogames

 

 

Títulos novos que foram lançados nas últimas semanas, atualizações que você deixou de fazer por pura falta de tempo e algumas boas horas de jogatina serão muito bem vindas para superar os momentos de solidão. Matar alguém em um jogo de luta pode ajudar a matar o tédio que invade a sua alma, e disputar uma corrida de F1 virtual pode superar a abstinência e a frustração pela F1 de verdade estar suspensa por causa da crise. Ou enfrente algum amigo que também está em quarentena na casa dele.

 

 

 

Jogos de mesa

 

Não precisam de DLCs para atualizar o corrigir problemas de programação, e podem ser solicitados pela internet para entrega em casa. Os jogos de mesa (e o setor de entretenimento no geral) não foi afetado pela elevada demanda, de modo que vai ser normal você comprar qualquer jogo sem precisar sair de casa.

 

 

 

Leia. Leia muito!

 

 

Você pode recuperar o tempo perdido com a leitura dos livros que você abandonou por conta da rotina diária ou pelos compromissos fora de casa. Não importa o tipo de literatura que você gosta: sempre será um bom investimento de tempo quando você decide desenvolver a sua imaginação para recriar os cenários e personagens que você está conhecendo com aquelas histórias.


Compartilhe