Wetten.com Brasil Apostas
Home » Dicas, Truques e Macetes » Como instalar o Windows 11 em um PC sem o chip TPM 2.0

Como instalar o Windows 11 em um PC sem o chip TPM 2.0

Compartilhe

A Microsoft afirmou por diversas vezes que computadores que não contam com o tal chip TPM 2.0 (Trusted Platform Mobile) não serão capazes de instalar o Windows 11, mesmo que o seu hardware conte com diversos requisitos técnicos.

Porém, descobriram em novas entradas do registro do sistema operacional que isso é sim possível, desde que o computador cumpra com os requisitos mínimos de memória e inicialização. Neste post, vamos mostrar como será possível (ou como já é possível) instalar o Windows 11 sem o TPM 2.0.

 

 

 

O que é o TPM 2.0?

Vale a pena uma explicação rápida antes de continuar.

O TPM (Trusted Platform Mobile ou Módulo de Plataforma de Confiança) é um chip que vem instalado na placa-mãe do computador que atua como um crpitoprocessador de segurança para salvar senhas de codificação do Windows.

Em alguns computadores, o chip vem pré-instalado, mas não ativo. Algo que mudou de 2016 para cá, quando a Microsoft exigiu a presença desse elemento nos equipamentos de fabricantes parceiros.

Para ativar o TPM em seu computador (se ele tiver esse chip, é claro), é preciso habilitar na BIOS do equipamento o Intel Platform Trust (Intel PTT) ou o Processador de Segurança da AMD. Caso contrário, é possível instalar uma pequena placa TPM 1.2 no computador, algo que pode ser complexo para muitos usuários.

 

 

 

É possível instalar o Windows 11 sem esse chip?

 

Sim.

Uma chave de registro chamada LabConfig permite ajustar as configurações para suprimir os requisitos do TPM 2.0, dos 4 GB de RAM mínimos exigidos pelo sistema e da inicialização segura. E para a instalação do Windows 11 funcionar sem esses requisitos, faça o seguinte:

  • A primeira coisa seria instalar o Windows 11 por meio de uma ISO ou do programa Windows 11 Insider . 
  • Se chegar a hora de seu computador mostrar a mensagem Este PC não pode executar o Windows 11, isso significa que não é um dispositivo compatível.
  • Agora, assim que tivermos essa mensagem e sem fechá-la, é hora de pressionar Shift + F10 para iniciar o Prompt de Comando do Windows.
  • No Prompt de Comando, digitamos Regedit e pressionamos Enter, momento em que o Editor de Registro do Windows será iniciado .
  • Neste momento devemos seguir o seguinte caminho na parte direita do Editor: HKEY_LOCAL_MACHINE \ SYSTEM \ Setup
  • Agora clicamos com o botão direito do mouse na chave de configuração, selecionamos Novo e então vamos para Chave .
  • No momento em que ele nos perguntar o nome da chave, devemos escrever LabConfig e pressionar Enter .
  • Agora, clique com o botão direito do mouse no LabConfig recém-criado e selecione Novo e, em seguida, vá para o valor DWORD (32 bits) .
  • Lá, criamos um valor que chamaremos de BypassTPMCheck com dados em 1.
  • Em seguida, criamos BypassRAMCheck e BypassSecureBootCheck, ambos com valor 1.

 

 

  • Depois de criar esses três valores no LabConfig, é hora de fechar o Editor e digitar Exit e pressionar Enter no Prompt de Comando para fechá-lo.
  • Agora retornaremos à mensagem que deixamos em aberto, onde o processo de instalação do Windows 11 nos disse que não poderíamos continuar porque não atendíamos aos requisitos e clicamos na seta no canto superior direito para voltar.
  • A seguir voltamos à janela onde solicitou a versão do Windows 11 que desejávamos instalar e tudo continuará, pois os requisitos de hardware já foram desativados. 

 

 

 

 

Antes de encerrar, um lembrete importante

A desativação de todos esses recursos pode fazer com que o Windows 11 funcione de forme imprevisível e com alguns erros, de modo que o mais aconselhável é o uso do sistema operacional em uma máquina virtual ou em um computador de testes.

De qualquer forma, o objetivo aqui foi alcançado, ou seja, instalar o Windows 11 em um computador que não conta com o chip TPM 2.0. Em nenhum momento fechamos o compromisso em fazer esse sistema operacional funcionar bem em um PC com todas essas áreas cinzas nas configurações.

 

 

Via Bleeping Computer


Compartilhe