TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Como identificar extensões perigosas no Google Chrome | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Como identificar extensões perigosas no Google Chrome

Como identificar extensões perigosas no Google Chrome

Compartilhe

As extensões são ferramentas indispensáveis para o funcionamento adequado do Google Chrome em várias situações. Não que o navegador do Google não seja bom. Mas é indiscutível que esses aplicativos complementares ajudaram de forma decisiva ao software se tornar o mais popular do mundo dentro da sua categoria.

Um dos motivos para usar o Chrome ao longo dos últimos anos foi justamente a sua capacidade em utilizar as extensões. São programas que complementam bem o meu trabalho e a minha produtividade no navegador. Não posso viver sem eles hoje. E só mudei para o Microsoft Edge em 2020 porque, além do seu melhor desempenho, ele era 100% compatível com todas as extensões que eu uso no dia a dia.

Porém, em determinadas situações, as mesmas extensões que melhoram a minha vida na frente do computador podem se transformar em instrumentos maliciosos, que podem abrir as portas do computador para vírus informáticos, malwares e ransomwares. E o que poderia ser uma forma de deixar a sua vida mais prática e produtiva pode se transformar em problemas bem mais sérios.

Por conta do elevado risco que algumas extensões representam para a integridade dos dados dos usuários, o Google decidiu habilitar mecanismos que permitem ao usuário conhecer quais são essas ferramentas que contam com um alto risco de prejudicar o seu computador. E nesse post, vamos abordar melhor esse aspecto, mostrando melhor como esses mecanismos de segurança funcionam.

 

 

 

Como o Google ajuda a identificar uma extensão maliciosa

 

A primeira recomendação consiste em revisar as permissões que serão habilitadas por aquela extensão que você planeja instalar em seu equipamento. Dentro do Google Chrome, adote os passos a seguir:

1) Abra o navegador Chrome e toque nos três botões da parte superior direita da página (para acessar o menu principal de opções do navegador).
2) Aqui, escolha Mais Ferramentas > Extensões.
3) Vai aparecer um painel com todas as extensões que estão instaladas no Google Chrome, ou melhor, todas aquelas que você deu permissões para que acessem as suas informações.
4) Revise cada uma delas, mas lembrando que o Google também fara o mesmo por você.
5) Se o Google detectar que algumas das extensões instaladas é perigosa, vai emitir uma advertência na cor vermelha, com a informação que aquela extensão está infringindo a política da Chrome Web Store.
6) Se você está vendo esse aviso, o mais lógico é que você desative aquela extensão, e elimine a mesma imediatamente. Para isso, mova o interruptor ao lado da extensão, para que a mesma fique na cor cinza, o que indica que ela foi desativada.

 

 

 

Revise as permissões

 

Aplicativos e extensões maliciosas querem obter dados dos usuários a todo custo. Logo, fique atento às permissões que você habilitou, pois elas podem obter informações sobre nomes de usuário, senhas ou outros dados que naturalmente são de caráter confidencial. Se você constatar essas permissões habilitadas dentro de uma extensão que você desconfia que pode ser maliciosa, realize o procedimento de eliminação desse software.

Com essas dicas de simples execução, você pode aumentar a segurança do seu equipamento e dos dados armazenados nele. É sempre melhor prevenir a integridade dos seus dados pessoais do que ter que remediar o roubo de suas informações.


Compartilhe