TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Como garantir o seu anonimato com o Windows 11 | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Como garantir o seu anonimato com o Windows 11

Como garantir o seu anonimato com o Windows 11

Compartilhe

O Windows 11 pode parecer um sistema relativamente novo para os usuários menos experientes, mas nem por isso esse grupo pode se sentir desprotegido durante o uso do computador na internet. Por isso, vale a pena revisar os procedimentos para garantir o anonimato no novo sistema operacional da Microsoft.

Neste post, vamos falar de várias configurações que devem ser modificadas para melhorar a privacidade durante o uso do Windows 11, além de reforçar dicas para proteger a sua identidade no navegador web e em outros aplicativos populares. Tais dicas podem ser adaptadas e aproveitadas em outros programas e/ou sistemas operacionais.

 

 

 

Ajustes gerais de privacidade

Entre em Configurações > Privacidade e Segurança, e desative os ajustes abaixo:

  • Permitir que os aplicativos exibam anúncios personalizados usando meu ID de publicidade.
  • Permitir que sites exibam conteúdo localmente relevante acessando minha lista de idiomas.
  • Permita que o Windows melhore a inicialização e os resultados da pesquisa rastreando as inicializações de aplicativos.
  • Mostre-me o conteúdo sugerido no aplicativo Configurações.

 

 

 

Opções de fala e escrita

Em Configurações > Privacidade e Segurança, desative os itens Voz e Personalização de entrada manuscrita. Isso vai evitar que a Microsoft analise esses aspectos para melhorar seus produtos.

 

 

 

Comentários e Diagnósticos

Aqui, desative o envio de opções de dados de diagnóstico, o aprimoramento de escrita e experiências personalizadas. Todos esses itens são opcionais e não afetam de forma substancial a sua experiência de uso com o Windows 11.

 

 

 

Histórico de atividades

De acordo com a documentação de privacidade da Microsoft, o histórico de atividades inclui o seguinte:

“Rastreia suas ações no dispositivo, como os aplicativos e serviços que você usa, os arquivos que abre e os sites que visita.”

Se você não estiver conectado com uma conta Microsoft no Windows 11, essas informações serão armazenadas no computador de forma local. Caso contrário, esses dados são enviados para os servidores da empresa.

Para aumentar a sua privacidade, desative o histórico de atividades, pois com certeza dados sensíveis sobre você são enviados para a Microsoft. E use uma conta local no Windows 11 sempre que possível.

 

 

 

Outras opções de privacidade

Os demais itens de privacidade do Windows 11 estão relacionados com o conteúdo das pesquisas, permissões para que uma determinada função seja efetiva e histórico de consultas no sistema operacional. Você pode desativar todas essas opções acessando a tela de Permissões de Pesquisa e Pesquisando no Windows.

 

 

 

Cuidado com o navegador web que você usa

Microsoft Edge e Google Chrome estão bem longe de serem os navegadores web mais seguros ou confiáveis. O ideal é que você use o Mozilla Firefox ou o Brave para aumentar a privacidade de sua navegação.

Se por algum motivo você é obrigado a utilizar os navegadores da Microsoft e do Google, recomendamos que você ative as opções a seguir:

  • Ative a prevenção de acompanhamento: os navegadores modernos possuem um sistema que impede o rastreamento por sites. Eles bloqueiam a maioria dos cookies de terceiros e evitam o cruzamento de informações entre sites.
  • Use o navegador sem uma conta ativa: se você vincular uma conta do Google ou da Microsoft a qualquer um dos navegadores, tudo o que você fizer no navegador será vinculado ao seu perfil. Uma boa maneira de evitar isso é usar o navegador com a sincronização desligada.
  • Desativa o envio de dados de diagnóstico opcionais: a maioria dos navegadores permite que você desative o envio de informações para melhorar o produto.
  • Instale extensões com foco na privacidade: se o navegador que você escolheu não possui as ferramentas necessárias para bloquear o rastreamento, você sempre pode usar certas extensões para fazê-lo.

 

 

 

Desinstale todos os aplicativos que você não usa

Boa parte dos aplicativos conta com um sistema de telemetria que está coletando dados sobre o usuário o tempo todo. Ou seja, se o software é inútil para o seu dia a dia, pode desinstalar ele e qualquer outro programa que não serve para nada no computador.

Isso vai evitar que softwares desconhecidos (ou até conhecidos) fiquem funcionando em segundo plano, o que vai melhorar a sua privacidade e, de quebra, o desempenho do computador.


Compartilhe