TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Como funcionam as férias ilimitadas? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Variedades | Como funcionam as férias ilimitadas?

Como funcionam as férias ilimitadas?

Compartilhe

E quem não gostaria de ter o total controle sobre onde, como, quando e com o que deseja trabalhar?

Eu consegui isso. Escrevo no meu próprio blog de tecnologia desde 2008, algo que adoro. Escolho os horários que quero trabalhar (por exemplo, estou escrevendo este post em um sábado pela manhã, com a chuva caindo; poderia estar na cama dormindo, mas estou em um bom momento para escrever no computador), escolho o local e tenho um trabalho, não um emprego.

Mas sei que sou uma exceção da regra. E, ainda assim, sei que isso não é tão gostoso quanto parece. Sou dono do meu próprio negócio (tenho registro MEI), e preciso colocar minhas ideias em prática todos os dias para garantir a pizza fria dentro da geladeira nos finais de semana.

Por outro lado, uma tendência está surgindo nos escritórios ao redor do mundo, e que muitos podem se interessar por isso: as férias ilimitadas.

 

 

 

Dias livres, sem limites

Entre 2015 e 2019, o número de vagas de emprego em formato de férias ilimitadas oferecidas pelas empresas norte-americanas aumentou em 178%, o que mostra que essa é uma tendência emergente.

E as férias ilimitadas nada mais são do que oferecer ao funcionário a liberdade total para trabalhar. Em teoria, você não tem um número de dias fixos de férias pagas, já que todo o seu trabalho remoto será remunerado.

A única obrigação que você tem é se organizar para se alinhar com os demais funcionários da empresa para garantir que o seu trabalho será cumprido dentro dos prazos estabelecidos, para que a própria empresa entenda que sua presença não é imprescindível para tudo funcionar.

As férias ilimitadas normalmente são destinadas aos funcionários que trabalham por objetivos, principalmente aqueles do setor de tecnologia. Também se aplica aos profissionais que podem se dar uma maior flexibilidade laboral e de horários.

 

 

 

Quais empresas oferecem as férias ilimitadas?

Uber e Netflix foram as primeiras a adotar o sistema de férias ilimitadas para alguns dos seus postos de trabalho. Glassdoor, Hubspot, Dropbox e VMware seguiram o mesmo caminho nos Estados Unidos, e a medida está ganhando força em empresas de todo o mundo.

No Brasil, não se fala muito sobre o assunto, mas é possível que algumas empresas relacionadas ao setor de tecnologia já estejam explorando este método, até mesmo por conta de toda a crise sanitária global que vivemos nos últimos dois anos.

Por outro lado, é difícil mensurar o quão bem funcionaria as férias ilimitadas aqui no Brasil. Se durante o home office forçado que todos tiveram que enfrentar nos últimos dois anos eu testemunhei muitos “profissionais” procrastinando o trabalho, é fácil imaginar o que poderia acontecer em um sistema institucionalizado.

 

 

 

Um efeito colateral das férias ilimitadas

Elas podem rapidamente se tornar um trabalho ilimitado (repito: eu estou escrevendo este post em um sábado de manhã, com a chuva caindo… e poderia estar dormindo neste momento).

Um estudo realizado pela consultoria de recursos humanos Namely mostra que os funcionários de empresas norte-americanas que estão em férias ilimitadas contam com pelo menos 13 dias a menos de férias no ano do que aqueles que contam com as 15 dias de férias determinadas pelos contratos de trabalho.

Isso acontece porque quem está em home office tende a trabalhar mais, uma vez que a competição entre os funcionários aumenta, ou porque a pressão em mostrar eficiência para os chefes para passar a imagem que são comprometidos com o trabalho resulta em um maior volume de produção.

Vale lembrar que os Estados Unidos é o único país da OCDE (Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico) que não contempla os seus trabalhadores com um período mínimo de férias pagas e obrigatórias. São as empresas que definem isso na hora de negociar os contratos de trabalho com os profissionais.

Dessa forma, a empresa oferece a flexibilidade dos dias livres, mas a responsabilidade em entregar o trabalho nos prazos é do empregado, e isso pode fazer com que o estresse e o tempo de trabalho aplicado aumentem.

No final das contas, as férias ilimitadas não são muito diferentes do home office, e conta com os seus prós e contras. É fácil para mim dizer que apoia a medida, pois não tenho do que reclamar ao trabalhar em casa e sou dono do meu próprio negócio.

Mas posso dizer que esta é uma abordagem diferente de método laboral que precisa ser observado de perto, pois sempre precisamos evoluir em todos os aspectos.

Inclusive na relação do profissional com a forma de exercer a sua profissão.


Compartilhe