Como fazer com o que o Edge original e o Edge Chromium convivam em harmonia no Windows 10 | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Como fazer com o que o Edge original e o Edge Chromium convivam em harmonia no Windows 10 | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Como fazer com o que o Edge original e o Edge Chromium convivam em harmonia no Windows 10

Como fazer com o que o Edge original e o Edge Chromium convivam em harmonia no Windows 10

Compartilhe

O Microsoft Edge Chromium é o sucessor natural do finado Microsofr Edge, que era até bom, mas foi um fracasso comercial, já que não foi capaz de superar o Internet Explorer anos depois do seu lançamento.

Já o Edge Chromium é um navegador web de código aberto, que usa o motor do navegador do Google, mas com algumas modificações de componentes e melhorias para a experiência multimídia (com alguns alegando que certas adições são supostos spywares).

Muita gente não conhece o Chromium, mas os usuários do Linux sabem muito bem quem é ele: uma espécie de Chrome sem aditivos, já que é oferecido nos repositórios das distribuições mais populares. E por ser de código aberto, vários derivados dele com diferentes focos apareceram, como Opera, Brave e Vivaldi.

Com a Microsoft abraçando o Chromium, o Firefox se tornou a única alternativa real ao setor, e é quem impede um monopólio nesse momento (ou uma posição abusiva e dominante, em um sistema que pode ditar como a web deve funcionar).

Pois bem, o fato da Microsoft oferecer o Edge Chromium permitiu a existência de uma versão desse navegador para macOS e Linux que devem chegar no futuro. Mais: ele é até compatível com o finado Windows 7 (isso é, se a Microsoft não boicotar o seu uso).

 

 

Como manter o Edge clássico e o Edge Chromium no Windows 10

Você pode ser um dos usuários que ainda quer manter no seu Windows 10 o Edge original, seja pela nostalgia ou para fins profissionais. Logo, vamos mostrar nesse post como fazer para que os dois navegadores convivam de forma harmônica no sistema operacional da Microsoft.

Primeiro, acesse as configurações do Windows 10, vá em Aplicativos, procure por Chromium Edge para desinstalá-lo e confirme se você quer apagar os dados de exploração.

Depois, abra o Editor de Registro do Windows 10 (regedit na linha Executar, que pode ser iniciado no menu Iniciar do sistema) para clicar em Aceitar (responda de forma afirmativa a confirmação que vai aparecer).

Uma vez dentro do Editor de Registro, navegue pela rota HKEY_LOCAL_MACHINE > SOFTWARE > Policies > Microsoft, ou cole na barra de endereços (sem aspas): “SeuComputador\HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Policies\Microsoft”.

Depois, crie uma chave dentro do endereço mencionado, clicando com o botão secundário do mouse no lado direito, selecione Novo e, depois, clique em Chave. O nome da nova chave tem que ser (sem aspas) “EdgeUpdate”.

Dentro da nova chave EdgeUpdate, clique de novo com o botão secundário do mouse do lado direito e crie um novo Valor DWORD (32 bits), com o nome Allowsxs. Se o seu valor não for 0 como padrão, é preciso estabelecê-lo clicando com o botão secundário do mouse sobre o Allowsxs, selecionando Modificar e estabelecer o valor 0 no campo Informação do valor. Ao realizar o processo, feche o Editor de Registro.

Agora, depois de instalar o Edge Chromium novamente, o Edge original terá que aparecer com o nome Microsoft Edge Legacy no menu do sistema operacional, permitindo assim a coexistência dos dois navegadores em uma única instalação do Windows 10.

Não é um dos processos mais simples do mundo, e a imensa maioria dos usuários não devem querer ter os dois navegadores no Windows 10. Mas entendo que vale a pena ter a alternativa para quem precisa dela.


Compartilhe