TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Como excluir os seus dados pessoais no Facebook, mesmo que você não tenha uma conta na rede social | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Como excluir os seus dados pessoais no Facebook, mesmo que você não tenha uma conta na rede social

Como excluir os seus dados pessoais no Facebook, mesmo que você não tenha uma conta na rede social

Compartilhe

Se você não sabe (e agora, vai ficar sabendo), o Facebook armazena dados privados de todo mundo, inclusive aquelas pessoas que não possuem uma conta na rede social.

Como eles conseguem isso? Sei lá… talvez porque a pessoa tem conta em outras redes sociais e/ou plataformas do Meta, talvez porque amigos dos usuários acabaram cedendo esses dados de alguma forma ou por outros meios.

Fato é que o Facebook armazena uma quantidade considerada obscena e indecente dos dados de todo mundo, e todo mundo sabe disso. Agora, a coleta de dados de pessoas que jamais chegaram perto de abrir uma conta na rede social é algo que deveria ser ilegal, mas muitos fazem uma vista grossa disso.

A boa notícia é que existe uma maneira de remover os seus dados do Facebook a qualquer momento. E vamos contar a partir de agora como você deve proceder para remover esses dados.

 

Use o formulário de eliminação de dados do Facebook

Se você acha a prática do Facebook em coletar dados da agenda de contatos que são compartilhados com o Messenger (que não precisa de uma conta na rede social para ser utilizada por qualquer pessoa) algo indecente e nefasto, chegou a hora de remover as suas informações que, neste momento, estão nas bases de dados de Mark Zuckerberg.

O Facebook conta com um formulário para identificar os dados das pessoas que o Meta vem armazenando ao longo do tempo, permitindo inclusive a remoção desses dados de forma prática e simples (em teoria). De novo: você não precisa ter uma conta na rede social ou sequer iniciar sessão na plataforma para remover esses dados.

Para comprovar que o Facebook não tenha nem mesmo o seu número de telefone ou o seu endereço de e-mail armazenados em sua base de dados, basta seguir os passos abaixo:

  1. Clique neste link para acessar a página do formulário do Facebook.
  2. Selecione os dados pessoais sobre os quais deseja ser informado. O Facebook permite rastrear números de telefone (celular e fixo), bem como endereços de e-mail.
  3. Clique em “Avançar” e insira suas informações pessoais.
  4. Selecione se deseja pesquisar os dados no Facebook e Messenger, no Instagram ou nos três. O WhatsApp não está disponível (e deveria).
  5. Clique em próximo: o Facebook enviará um código único para garantir que o número ou e-mail pertence a você.
  6. Se as informações de contato estiverem no banco de dados, o Facebook informará. Também permitirá que você exclua essas informações e bloqueie o salvamento novamente.
  7. Se pretender consultar mais dados terá de repetir o processo: o formulário só permite uma verificação de cada vez.

 

Uma ferramenta que deveria estar mais explícita

Antes de terminar, vale a pena registrar algumas observações.

De forma muito conveniente, essa ferramenta está estrategicamente oculta para a enorme maioria dos usuários do Facebook (e dos não-usuários da plataforma também). E o Meta faz isso justamente para dificultar a remoção dessas informações dessa base de informações. Porque tudo o que a empresa NÃO quer é perder esses dados.

Isso é algo que torna a postura do Meta algo ainda mais questionável, pois os usuários merecem ter o amplo acesso à informação que possa beneficiá-lo para inclusive preservar a segurança dos seus dados na internet. A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) prevê que é de direito do usuário solicitar essa remoção dessas informações, principalmente quando os dados são coletados sem a ciência ou a autorização do internauta.

Aqui, não dá para dizer que, tecnicamente, o Facebook está impedindo o usuário em remover essas informações de sua base de dados. Mas podemos afirmar que a empresa dificulta ao máximo o acesso ao procedimento, o que dá quase no mesmo, já que o principal objetivo (a não remoção dos dados) é alcançado na maioria dos casos.

Outro detalhe muito importante é a impossibilidade de remoção dos dados relacionados ao WhatsApp. E essa é uma plataforma cujos dados circulam de forma ainda mais frenética do que no Facebook ou Messenger, pois possui uma base de usuários enorme, com um fluxo de dados gigantesco.

E isso também é conveniente para o Meta, que não perde os resíduos dessas informações que podem (e são) interessantes para a empresa.

De qualquer forma, o método descrito neste artigo é uma maneira mais ou menos simples para que qualquer pessoa possa eliminar as suas informações mais privadas que jamais deveriam estar na base de dados do Facebook, tais como números de telefone e endereços de e-mail. E, por incrível que pareça (e eu não estou sendo irônico neste momento), é melhor isso do que não ter qualquer alternativa.


Compartilhe