Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Como evitar que a sua conta Google seja eliminada por inatividade

Como evitar que a sua conta Google seja eliminada por inatividade

Compartilhe

O Google anunciou recentemente uma atualização em sua política de inatividade de contas, com uma mudança importante que pode afetar muitos usuários. De acordo com a gigante americana, todas as contas pessoais que não registrarem pelo menos um login nos últimos dois anos poderão ser deletadas juntamente com todo o seu conteúdo.

Essa medida entrará em vigor a partir de dezembro de 2023, o que dá um tempo para a grande maioria dos usuários adotar medidas ou providências para evitar o pior.

E… acredite… você não vai querer o cancelamento de sua conta Google, pois isso pode resultar em muito mais problemas do que o simples desaparecimento de um cadastro na internet.

 

A limpeza de contas também chegou no Google

Uma conta do Google vai além de ser apenas uma ferramenta para preservar preferências de pesquisa ou acessar o e-mail do Gmail. Ela é a porta de entrada para todo o ecossistema de produtos e serviços da empresa, incluindo soluções como Docs, Drive, Meet, Calendar, Photos, YouTube e muito mais.

Ou seja, perder uma conta Google é o mesmo de ter a porta bloqueada para todos os serviços da gigante de Mountain View. TODOS. E você não quer isso.

Embora muitos serviços online já tenham políticas de exclusão de contas inativas, a mudança do Google é notável porque a política anterior apenas estipulava a perda do conteúdo da conta após dois anos de inatividade, e não a exclusão da conta em si.

Agora, a nova política permite a exclusão completa das contas inativas por mais de dois anos. Vale ressaltar que essa nova política não se aplica a contas comerciais ou educacionais.

Pode parecer uma decisão drástica ou radical por parte do Google. Porém, outras plataformas como Twitter e WhatsApp contam com regras ainda mais restritas para manter suas contas funcionando dentro de cada uma das plataformas.

O Google justifica essa mudança com base em preocupações relacionadas a ameaças de segurança, como spam, phishing e roubo de conta. De acordo com a empresa, contas inativas por um longo período estão mais vulneráveis devido a medidas de segurança fracas ou senhas reutilizadas em outros serviços.

Quando uma conta é comprometida, ela pode ser utilizada para diversos fins, desde roubo de identidade até disseminação de spam ou conteúdo malicioso. E tais incidentes podem resultar em dores de cabeça ainda maiores do que a perda de uma conta Google.

 

O que fazer para manter a sua conta Google ativa

Para manter suas contas ativas, o Google recomenda que os usuários façam login pelo menos uma vez a cada dois anos ou mantenham alguma atividade nelas, utilizando os serviços como Gmail, Drive, YouTube, Play Store, entre outros. Dessa forma, evita-se que a conta seja considerada inativa e sujeita à exclusão.

Quanto ao processo de exclusão de contas, o Google informou que ele será realizado gradualmente a partir de dezembro de 2023. O processo vai começar com as contas que foram criadas e nunca mais utilizadas. A empresa também ressalta que notificará os usuários afetados meses antes da exclusão, por meio de e-mails.

Ou seja, se você estiver para perder a sua conta Google, a própria empresa vai notificar você por e-mail. Caso contrário, significa que você usa a sua credencial o mínimo suficiente para que a sua atividade seja identificada.

Por outro lado, aqueles usuários que criaram um e-mail no Gmail e nunca utilizaram muito provavelmente não serão notificados sobre as exclusões de suas contas. A não ser que exista algum tipo de notificação para um e-mail secundário e, ainda assim, fica o questionamento: será que essas pessoas estão realmente preocupadas com esses cadastros?

De qualquer forma, eu fiz a minha parte, já que considero importante que os usuários estejam cientes dessa nova política do Google e tomem as medidas necessárias para manter suas contas ativas, evitando a perda de acesso aos seus dados e serviços associados.

Realizar o login regularmente ou participar de atividades que envolvam o uso dessas contas é o suficiente para evitar a exclusão, uma vez que essa atividade mínima é o suficiente para que o Google perceba que você ainda existe.


Compartilhe