Compartilhe

compras acidentais

 

As compras dentro dos aplicativos e jogos se tornaram na principal fonte de receita de muitos desenvolvedores. Porém, em algumas oportunidades, o sistema resultam em gastos acidentais.

A Amazon sofreu recentemente uma sentença judicial que a obrigou a devolver mais de US$ 70 milhão aos pais de filhos que compravam itens dentro de um jogo, supostamente de forma acidental.

Nesse post, mostramos como você pode dificultar essas compras. Uma senha para autorizá-las ajuda e muito.

 

 

Como evitar compras acidentais na App Store (iOS)

 

 

Faz tempo que a Apple conta com um sistema obrigatório de senhas para compras dentro da App Store, que pode ser inclusive substituído pela sua digital via TouchID. Mas há uma forma de estabelecer um nível de segurança ainda mais forte nas compras dentro dos aplicativos.

Para isso, vá em Ajustes > Geral > Restrições. Clique em Ativar Restrições e peça um novo código de quatro dígitos para desbloquear o segundo nível de compras. Valide a chave digitando ela duas vezes nas próximas telas

Agora, ainda dentro de Restrições, desative todos os aplicativos que queremos que a segunda senha seja solicitada, principalmente o item Compras no Aplicativo. Nesse caso, quando queremos comprar algo no aplicativo, essa segunda senha será solicitada.

A segunda senha só será útil se ela for diferente daquela que acessa o smartphone. Desse modo, só quem souber as duas senhas consegue concluir a compra no aplicativo.

 

 

Como evitar compras acidentais na Google Play Store (Android)

 

 

Aqui, não é obrigatório ter uma senha para acessar o dispositivo, mas podemos criar uma senha para evitar as compras acidentais na Google Play Store ou em aplicativos.

Abra o app da Google Play Store. No menu lateral, vá em Ajustes > Controles do Usuário. Um dos itens é Pedir Autenticação Para Realizar Compras. Aqui, você pode escolher entre pedir a autenticação para todas as compras, uma vez a cada 30 minutos ou desativar o recurso.

Qualquer opção que obriga o uso da senha fará com que o app da Google Play inicie um programa de passos para configurar a senha, e a autorização sempre será solicitada antes da compra. Se o smartphone conta com leitor de digitais, ele pode atuar como autenticador de pagamentos.

Uma vez realizado esse processo, você pode até emprestar o seu smartphone para parentes e amigos, que nenhum deles vai conseguir realizar compras acidentais ou intencionais na Google Play Store.


Compartilhe