Como evitar acidentes envolvendo crianças e eletrônicos

Compartilhe

https://pixabay.com/photos/child-tablet-technology-computer-1183465/

O desenvolvimento da tecnologia faz com que nossas casas tenham um número cada vez maior de eletrônicos. Smartphones, tablets, notebooks e computadores são parte do dia a dia de um enorme número de brasileiros.

Uma pesquisa recente, feita pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo, revelou que o Brasil possuicerca de dois dispositivos eletrônicos por habitante. Só os smartphones são 230 milhões espalhados pelo país.

Por mais que a tecnologia seja sempre bem-vinda, é preciso tomar cuidado para evitar acidentes. Quem tem crianças em casa deve ficar atento para que elas não se machuquem ao tentarem usar dispositivos para brincar. Por funcionarem via rede elétrica, esses aparelhos podem causar choques ou outros tipos de lesões nos pequenos. Além, é claro, de serem danificados.

É comum pensar emconfigurações para impedir que aconteçam problemas pelo uso impróprio das crianças da internet ou de aplicativos, mas pouco se fala em como impedir acidentes físicos com os dispositivos eletrônicos. Confira algumas recomendações a seguir:

 

 

 

Mantenha os dispositivos em lugares altos e fechados

 

Assim como é recomendado com tudo que deve ser mantido longe do alcance das crianças, os dispositivos eletrônicos também devem ser armazenados em lugares altos e, de preferência, fechados.

Impedir que uma criança pequena consiga pegar um notebook ou tablet é o primeiro passo para evitar acidentes.

Lembre-se também de não descuidar quando fizer uma pequena pausa durante o uso de um eletrônico: Garanta que não há meios fáceis para que as crianças o alcancem, como cadeiras que facilitem o percurso de subida até a mesa onde ele está.

 

 

 

 

Proteja a rede elétrica

 

Crianças sofrem frequentes acidentes com a rede elétrica por não entenderem ainda o perigo de tomadas, fios e plugues. Com eletrônicos ou outros eletrodomésticos, é importante tomar certos cuidados.

Não deixe os dispositivos eletrônicos ligados à tomada quando não estão em uso. Tenha certeza de que não há nenhum fio desencapado. Existem boas proteções para a rede elétrica, como tampas e conectores, que são opções interessantes.

Caso você ligue muitos eletrônicos em uma mesma tomada via filtro de linha, mantenha os fios e conectores em um local de difícil acesso. Existem modelos de filtro de linha mais modernos que trazem elementos de proteção que ajudam na prevenção de acidentes com crianças.

 

 

 

 

Proteja os eletrônicos

 

Mesmo bem guardados, os eletrônicos também podem ser protegidos de possíveis quedas ou brincadeiras mais violentas. Colocar capas de proteção e películas no smartphones, por exemplo, é indispensável.

Notebooks e tablets podem ser guardados em bolsas e também serem envoltos em películas protetoras. Isso fará com que o acesso a eles seja mais difícil e aumentará a resistência a quedas e pancadas.

 

 

 

 

Não deixe as crianças sozinhas

 

Crianças pequenas não devem ser deixadas sem supervisão. Elas podem se machucar não apenas com eletrônicos, mas também com outros tipos de objetos. Todo cuidado é pouco quando elas já conseguem andar e estão na fase de colocar tudo na boca e de ter grande curiosidade com as coisas.

Com os mais crescidinhos, capazes de compreender conversas e noções de certo e errado, nada como falar sobre a importância de tomar cuidado com os eletrônicos, com a rede elétrica e, claro, com os próprios corpos.


Compartilhe