Compartilhe

A Microsoft começou a enviar alertas para os usuários do Windows 7, recomendando (ou quase ameaçando) a compra de um novo equipamento com o Windows 10 diante do fim do suporte técnico para a antiga versão. A gigante de Redmond já fez isso antes, por diversas vezes. E em todas as oportunidades ela foi duramente criticada por isso.

Mas dessa vez, a Microsoft foi longe demais. Agora, os avisos são exibidos em tela cheia, apenas para lembrar para todo mundo aquilo que já sabemos: que o suporte ao Windows 7 chegou ao fim em 14 de janeiro de 2020, e que o sistema operacional não vai receber correções de segurança, atualizações de software ou suporte tecnológico.

Esse tipo de “aviso” fez com que muitos sentissem saudade dos “lembretes de cortesia” do passado. Lembrando que, na época do lançamento do Windows 10, a Microsoft foi bem agressiva para lembrar aos usuários que a atualização para a nova versão era gratuita a partir do Windows 7.

A Microsoft só foi piorando na sua postura com o passar do tempo, difundindo mensagens irritantes na área de notificações, instalaram aplicativos para obter o Windows 10 (GWX) sem o conhecimento ou consentimento do usuário, atualizaram sistemas sem o consentimento explícito e até atualizaram computadores de forma automática, resultando em perdas de dados e horas de trabalho de muitos profissionais.

O método atual é muito menos agressivo, mas igualmente irritante. Bom, ao menos a Microsoft mudou o foco, recomendando a compra de um PC novo… com Windows 10, é claro.

Se você ainda está utilizando o Windows 7 por algum motivo, vai manter o sistema operacional por mais algum tempo e não quer a sua vida se transformando em um verdadeiro inferno na Terra por causa dessas mensagens, basta seguir os passos abaixo para remover os alertas da Microsoft.

 

 

Como desabilitar os alertas no Windows 7

Se você segue com o Windows 7 até agora mesmo com todas as alternativas propostas, é porque você simplesmente quer ficar onde está, e esse é um direito seu. Muito provavelmente você não gosta do Windows 10 (nem de graça), ou não tem condições financeiras para comprar um computador novo.

Logo, receber avisos da Microsoft que ocupam toda a tela é um problema que você precisa resolver, pois uma coisa é certa: esses avisos não vão desaparecer sozinhos.

Felizmente, o gerenciamento de alertas é simples. Se você clica no primeiro botão indicado na janela de aviso (lembrar mais tarde), a advertência volta a aparecer no dia seguinte e nos sucessivos. Se você clica no segundo botão (não lembrar novamente), a advertência vai desaparecer de forma permanente… na teoria, pois em casos anteriores de ações semelhantes a tela de alerta voltou, mostrando que esse comando pode ser inútil.

Para garantir que você não vai ver essa mensagem de novo, é possível desabilitar o registro do aplicativo que permite os alertas no Windows 7, no programa EOSnotify.exe, presente no pequeno pacote acumulativo mensal do Windows 7 enviado em dezembro de 2019, o KB4530734.

Este é um gerenciamento de registro simples, mas sempre vai a recomendação para você realizar uma cópia prévia do mesmo e/ou manter ativo os pontos de restauração do sistema operacional.

Siga os passos:

 

1) Acesse o registro com as teclas Windows + R e, depois, Regedit.
2) Navegue pela rota HKEY_CURRENT_USER\Software\Microsoft\Windows\CurrentVersion\EOSNotify.
3) Dê um duplo clique sobre o valor DiscontinueEOS do EOSNotify. Se ele não existe no sistema, basta criá-lo com Novo > Valor Dword (32 bits).
4) Estabeleça o seu valor em 1.

 

Pronto. Fim dos lembretes no Windows 7.

Lembrando que o meio mais normal e natural para resolver o problema é atualizando o computador do Windows 7 para o Windows 10, algo que você ainda pode realizar de forma legal e gratuita.


Compartilhe