Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Tecnologia | Como é a tecnologia Eco OLED do Samsung Galaxy Z Fold3

Como é a tecnologia Eco OLED do Samsung Galaxy Z Fold3

Compartilhe

A Samsung apresentou ao mundo o seu novo smartphone dobrável premium, o Samsung Galaxy Z Fold3. O dispositivo foi muito bem recebido, e oferece configurações que chamam a atenção de qualquer entusiasta de tecnologia.

Uma das novidades do novo Samsung Galaxy Z Fold3 está na sua tela, que recebe a tecnologia Eco OLED, que tem um papel importante neste dispositivo. Não apenas para oferecer uma maior qualidade de imagem, mas para melhorar a experiência de uso em um aspecto muito importante nessa atual era de mobilidade.

A autonomia de bateria.

 

 

 

Onde a tecnologia Eco OLED se destaca

 

 

O Samsung Galaxy Z Fold3 conta com uma tela com dimensões generosas, além de uma segunda tela menor que fica ativa quando o telefone está fechado. Além disso, o dispositivo conta com a tecnologia 5G, o que está virando uma regra para um smartphone de sua categoria.

Agora, some esses dois fatores, e pense como o gasto energético do telefone será elevado.

E é justamente aqui que a Eco OLED da Samsung entra em ação: para reduzir o consumo energético dos smartphones, para que tais novidades não afetem a experiência de uso.

A Samsung informa que a tecnologia Eco OLED consegue reduzir o consumo de energia da tela em nada menos que 25%, uma vez que integra um polarizador que inclui a capa polarizadora que normalmente é instalada nos dispositivos com tela dobrável.

 

 

O antigo polarizador nada mais era do que uma lâmina intermediária com fabricação em plástico opaco abaixo da tela principal, evitando que o painel acabe refletindo a luz externa. Mas isso não é mais necessário.

A nova tela Eco OLED reduz o reflexo por si, aproveitando a estrutura de pixels e expondo mais luz ao UPC, aumentando assim a transmitância no módulo da câmera.

Ou seja, com uma porcentagem mínima de pixels aplicados na parte superior do orifício da câmera, além de entregar uma eficiência energética maior, a tela Eco OLED também entrega o design de tela completa tão desejado por muitos usuários, aumentando a área de visualização de conteúdo em um resultado sem interrupções, seja pelo notch, seja pelo furo na tela.

Os resultados práticos são bem interessantes: o Galaxy Z Fold3 possui uma taxa de transmissão 33% melhor, além da já destacada redução de consumo energético de 25% em relação ao modelo da geração anterior, sem falar na redução do plástico em sua fabricação.

Com tudo isso, dá para dizer que a tela Eco OLED é uma das inovações mais importantes que o Galaxy Z Fold3 oferece, e com certeza veremos essa tecnologia nos futuros smartphones da marca.

 

 

Via TechRadar


Compartilhe