TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Como dar uma sobrevida ao seu iPhone velho | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Como dar uma sobrevida ao seu iPhone velho

Como dar uma sobrevida ao seu iPhone velho

Compartilhe

Não está fácil ter um iPhone novo.

A Apple reduziu a produção do iPhone 14, e ainda é preciso pagar uma boa quantia de dinheiro para adquirir um iPhone 13 ou iPhone 12. Logo, tem uma grande quantidade de usuários que ainda possui ou considera comprar um modelo de iPhone da geração anterior.

Por outro lado, bem sabemos que esse tipo de dispositivo sofre um pouco mais que os outros para entregar um bom desempenho geral e de autonomia de bateria. E esse é o preço que se paga por ter um smartphone com alguns anos de vida.

Mesmo assim, alguns truques ainda podem funcionar com as gerações anteriores do iPhone (iPhone 11, iPhone XR, iPhone 8, etc.) que podem melhorar a experiência de uso, pelo menos em partes. Vamos compartilhar algumas dessas estratégias neste artigo.

 

Ainda é possível conviver bem com um iPhone antigo

Muitas coisas podem ser alteradas em um iPhone antigo para que ele entregue uma melhor experiência de uso. A própria Apple oferece alguns recursos nativos no iOS que permitem esses ajustes para obter um desempenho um pouco melhor em alguns aspectos do telefone.

Antes mesmo de continuar, é importante deixar claro que não estamos prometendo nenhum milagre neste caso. Você pode realizar pequenas mudanças nas configurações que vão resultar em algum impacto positivo no seu velho iPhone, mas não espere por grandes melhorias neste caso.

O objetivo aqui é ter um telefone que pelo menos consiga chegar ao final do dia com alguma autonomia de bateria, ou para que a reprodução de músicas no Spotify se torne algo viável, sem destruir a experiência de uso com um hardware mais limitado.

Esse guia é importante porque alguns dos ajustes mais importantes no iOS ficam escondidos aos olhos da maioria dos usuários. Dentro da guia Ajustes, existem algumas excelentes opções de personalização que são ilustres desconhecidos da maioria dos proprietários do iPhone.

Muitos desses ajustes poderiam até evitar que o usuário investisse tanto dinheiro na compra de um iPhone novo, pois podem garantir mais algum tempo de vida útil para o velho dispositivo.

Dito isso, vamos ver quais são essas dicas tão preciosas.

 

Desative a cobertura 5G que você não tem ou não quer

As novas gerações do iPhone (iPhone 12, iPhone 13 e iPhone 14) contam com um recurso chamado Smart Data que é específico para o funcionamento com as redes 5G. Essa funcionalidade entrega a troca automática entre as redes 4G LTE e 5G, dependendo do local onde você está, escolhendo a melhor rede naquele momento.

Eu nem preciso dizer que esse recurso faz com que a bateria do iPhone se esgote mais rápido, tanto por conta do uso das redes 5G (que exigem um pouco mais de energia do telefone) como pelo próprio ato de troca de rede em si, que cobra do hardware energia para funcionar.

Se você quer que a bateria do seu iPhone dure mais, desligue o recurso Smart Data. A grande maioria dos usuários não precisa desse recurso, e podem ativar o 5G de forma manual, sempre e quando você souber que essa rede está ativa no local onde você está.

Você também pode simplesmente desativar o 5G e usar a internet no 4G LTE no iPhone. Para isso, vá em Ajustes > Rede Móvel Celular > Opções de Dados Móveis > Voz e Dados > LTE.

 

Evite que os aplicativos fiquem saturando a sua tela de início e o processador

A biblioteca dos seus aplicativos instalados no iPhone é acessada rapidamente pelo iOS através de sua otimização do software em função do hardware. E quando isso acontece, a bateria e o desempenho geral de um telefone mais antigo sentem muito mais.

Todos os aplicativos recém instalados no iPhone aparecem na tela inicial da interface, e essas informações são carregadas e ficam ali, residentes na memória, esperando para serem executadas.

Se você faz o download de muitos aplicativos no seu velho iPhone e de forma constante, a tela de início do iOS vai saturar rapidamente, o que compromete o desempenho geral do iOS nos telefones mais antigos.

Para evitar isso, vá em Ajustes > Tela de Início > Apenas a Biblioteca de Aplicativos e reduza drasticamente essa enorme quantidade de ícones que você tem na tela inicial do iPhone. Dessa forma, sempre que você quiser procurar um aplicativo em específico, terá que deslizar nas páginas de apps até encontrar a Biblioteca de Aplicativos, onde todos os apps estão lá.

 

Ative o Modo Escuro para economizar bateria

Essa já é uma dica que vale para todos os modelos do iPhone, inclusive aqueles que não contam com uma tela OLED, que pode desligar os pontos quando exibe a cor negra.

Eu explico: o simples fato de reduzir a emissão de brilho na tela pode ajudar de forma sensível na redução do consumo de bateria dos modelos mais antigos do iPhone, o que já é uma ajuda para quem tem um telefone mais antigo e com uma autonomia de bateria comprometida pelo tempo.

Para ativar o Modo Escuro no iOS, vá em Ajustes > Tela e Brilho > Modo Escuro. Todos os aplicativos nativos da Apple vão mudar automaticamente para o esquema de cores escuras, e a maioria dos aplicativos de terceiros também vão se adaptar para esse esquema de cores.

Experimente o Modo Escuro sempre que possível. A bateria do seu velho e cansado iPhone (e até mesmo os modelos mais novos) vai agradecer.

 

Gerencie as notificações com o Modo Foco

Se você recebe uma grande quantidade de notificações no seu iPhone, a bateria do dispositivo e o desempenho do iOS vão sentir de forma drástica tanta atividade. E colocar um controle nisso tudo não só vai melhorar a experiência de uso, como pode aumentar a sua produtividade no trabalho.

O Modo Foco (ou Modo de Concentração) existe no iPhone desde o iOS 15, e essa função nada mais é do que um modo de personalização do Não Perturbe, pois ele bloqueia esses alertas para situações específicas.

Esse recurso faz com que aquelas notificações menos relevantes sejam bloqueadas, e apenas aqueles contatos mais importantes ou mensagens que são essenciais para o seu trabalho sejam reproduzidas no dispositivo.

Do mesmo modo, apenas as chamadas telefônicas mais importantes serão emitidas, para que você não perca aquilo que realmente importa. Você pode configurar diferentes tipos de modos para manter o foco e a concentração para circunstâncias específicas (trabalho, estudo, reuniões etc.).

O iOS conta hoje com as opções de Não Perturbe, Pessoal, Modo Sono, Trabalho, Direção (ao volante), Fitness, Games, Mindfulness e Leitura. Mas nada impede que você crie o seu modo personalizado de foco ou concentração, programando onde cada modo de foco vai entrar em ação de forma automática, dependendo do horário do dia ou do compromisso ou local que você está.

Para ativar o Modo Foco no iOS, vá em Ajustes > Foco e escolha uma das opções disponíveis para configurar as suas preferências de notificação, tocando no símbolo de (+) no canto superior direito da interface para adicionar um novo modo Focus.

 

Conclusão

Com essas dicas simples, você vai perceber que o seu velho iPhone (ou até mesmo um novo telefone da Apple) vai entregar um desempenho um pouco melhor do que antes, principalmente na autonomia de bateria e na experiência de uso geral.

Agora que estamos no final do artigo, vale a pena reforçar que os mais ansiosos ou exigentes não devem esperar por milagres neste aspecto, pois estamos falando de dispositivos que já contam com alguns anos de uso, o que naturalmente faz com que eles não funcionem da mesma forma que nos primeiros meses de uso.

Porém, certamente você vai perceber uma certa melhora que pode valer até mesmo alguns meses ou anos a mais de uso nesse telefone antes de pensar no investimento em um novo iPhone tão cedo.

Para as tarefas do dia a dia, essas dicas são preciosas. E vale a pena perder algum tempo realizando essas personalizações.


Compartilhe