Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Como configurar o smartphone para ser o melhor amigo de um idoso

Como configurar o smartphone para ser o melhor amigo de um idoso

Compartilhe

Não adianta dar de presente um smartphone para um idoso e simplesmente deixar ele usar o produto, como se a experiência de uso oferecida pelo fabricante fosse o suficiente. É uma geração que não cresceu com tecnologia ao seu redor, e a grande maioria precisa que a tecnologia se adapte à ele.

Nesse post, vamos revisar alguns pontos que precisam ser ajustados em um smartphone para que ele se torne mais amigável para a turma da melhor idade. Dessa forma, com certeza seus avós poderão utilizar o telefone de forma mais produtiva e prazerosa.

 

 

 

Aumente o tamanho da fonte

 

Por maior que a tela seja, não vai adiantar de muita coisa se o tamanho da fonte não aumentar também. Facilite a leitura das informações na tela deixando a letra dos elementos do sistema operacional no maior tamanho possível. Não se esqueça que a grande maioria dos nossos avós usam óculos, e é quase uma questão de respeito à eles facilitar a vida nesse aspecto.

 

 

 

Ative o Modo Fácil

 

Alguns fabricantes de smartphones Android contam com o Modo Fácil integrado à sua interface personalizada. Esse modo entrega uma versão simplificada da interface de usuário, com ícones grandes, legendas com fontes em tamanho grande, poucas telas para aplicativos e botões de navegação simplificados e com comandos objetivos.

 

 

 

Adicione números importantes na tela de início

 

Acessar a agenda de contato de um smartphone pode ser algo muito complicado para um idoso (falo isso por experiência própria, com pessoas da minha família). E uma das formas mais eficientes para manter esse grupo de usuários em contato conosco é adicionando os números de familiares ou amigos na tela de início do smartphone, como atalhos para esses contatos.

 

 

 

Coloque um case resistente no smartphone

 

Tal item não é uma recomendação por causa da idade avançada, pois muitos de nós mais novos deixamos o smartphone cair pelo menos uma vez por semana. Essa dica é importante pela integridade física do dispositivo como um todo. Você não vai querer que o smartphone novo que você deu para a sua avó venha a falecer com poucas semanas de uso por causa de um eventual acidente.

 

 

 

OK Google, ligue para (o número de emergência)

 

Deixar o Google Assistente ativo e orientar o idoso a utilizá-lo em casos de emergência pode fazer a diferença para um socorro mais rápido em caso de acidentes. Deixe esse recurso ativo e configurado para essas situações. Se possível, também ajuste os comandos de voz para chamadas telefônicas para contatos de emergência ou familiares mais próximos.


Compartilhe