Como configurar a memória virtual no Windows 10 | TargetHD.net TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia
Press "Enter" to skip to content

Como configurar a memória virtual no Windows 10

Compartilhe

Nesse post, vamos explicar como podemos configurar a memória virtual no Windows 10, uma dica que pode ajudar na melhora da experiência de uso do sistema operacional com computadores mais antigos, ou especialmente em equipamentos que contam com pouca RAM.

Antes de mostrar a dica, vale a pena uma explicação sobre o que é e por que você deve configurar a memória virtual no Windows 10.

A memória virtual é uma característica que integra o sistema operacional da Microsoft, e permite a utilização de uma determinada parte do disco rígido ou unidade SSD para que ele faça o trabalho que normalmente está reservado à RAM.

Isso permite uma melhor compreensão sobre a afirmação que é possível melhorar o desempenho em equipamentos com configurações mais modestas, mas é preciso levar em consideração que essa quantidade de armazenamento vai trabalhar em uma velocidade menor do que a RAM que você poderia instalar no equipamento (se é que isso é possível em determinados casos), não entregando assim o mesmo nível de desempenho que teria em um upgrade de hardware real.

Porém, mesmo com essas carências, esta solução pode ser uma boa opção, especialmente nos equipamentos que contam com configurações de 4 GB de RAM ou inferiores.

Dito tudo isso, mostramos o processo a partir de agora.

 

 

Como configurar a memória virtual no Windows 10

 

1. Na barra de busca do Cortana, digite “Ajustar a aparência e desempenho do Windows” (sem as aspas).
2. Selecione o primeiro resultado, e acesse a aba de opções avançadas.
3. Aqui, selecione o item de modificação da memória virtual. Você pode selecionar a unidade a ser utilizada e a quantidade da memória virtual associada.

Leve em consideração que você pode mudar este valor a qualquer momento, e que uma maior quantidade de memória virtual pode ajudar a melhorar na fluidez do sistema operacional e nos tempos de inicialização do mesmo, além de acelerar a carga de aplicativos.

Mas não espere milagres se você tem uma quantidade de RAM muito limitada, ou se você tenta executar softwares cujos requisitos mínimos não são atendidos pelo computador em questão.


Compartilhe