Como comprar um iPhone 13 menos caro | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia
Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas de Compras | Como comprar um iPhone 13 menos caro

Como comprar um iPhone 13 menos caro

Compartilhe

Agora que todo mundo sabe quanto custa um iPhone 13 no Brasil (uma vez que a Apple revelou todos os preços no mercado local tão logo apresentou os novos produtos nos Estados Unidos), muitos usuários já estão pensando em como ter um desses smartphones para chamar de seu.

Porém, quem é que dispõe de mais de R$ 15 mil para pagar no iPhone 13 Pro Max de 1 TB? Tudo bem, entendo que não é todo mundo que precisa de tudo isso. Mas quem precisa vai precisar escolher entre gravar vídeos com qualidade profissional ou ter uma moto para se deslocar dentro da cidade.

Neste post, vamos fazer uma breve análise sobre os preços dos novos iPhones, levando em consideração os valores ao redor do planeta e a nossa realidade. Além disso, vamos apresentar algumas alternativas que podem resultar em um iPhone 13 menos caro para os usuários.

 

 

 

O iPhone “Made in Brasil” continua a ser o mais caro do mundo

 

 

Comprar um iPhone no Brasil, em uma loja autorizada ou na própria Apple, é para poucos. Aliás, é para quem quer se definir como alguém que tem um artigo de luxo nas mãos. E digo isso porque muita gente que pode comprar um iPhone não compra o produto no Brasil. Mas falo dessa galera daqui a pouco.

O iPhone 13 no Brasil custa, em média, 85% mais caro que nos demais países. E os motivos são os mesmos que você já conhece de anos: a elevada carga tributária e o “fator Brasil”, pois o dólar da Apple custa quase R$ 10.

No final das contas, a diferença de preço em dólares do iPhone brasileiro para o iPhone norte-americano supera a casa dos US$ 500 em média com facilidade para o modelo iPhone 13 mini de 128 GB. Já a versão mais cara, o iPhone 13 Pro Max de 1 TB, custa quase o dobro no Brasil.

E com o dólar acima da casa dos R$ 5 (quando economistas afirmam que ele poderia estar a pelo menos R$ 4.50) não ajuda. Só atrapalha.

Com tudo isso… não é que a Apple decidiu ser legal com o brasileiro?

 

 

 

iPhone 13 mais barato que o iPhone 12 em alguns casos

 

Quando olhamos para a tabela de preços dos novos iPhone 13, identificamos que a Apple está entregando desta vez uma melhor relação custo-benefício, com telefones atualizados e que são menos caros que o valor de lançamento da geração anterior.

Não sei qual é a cotação do dólar que a Apple utilizou desta vez, ou se tinha alguém na gigante de Cupertino de muito bom humor. Fato é que quem não comprou um iPhone 12 até agora e quer comprar o smartphone no mercado nacional se deu bem: em alguns casos, pelo preço da geração anterior poderá contar com um produto totalmente atualizado.

Pode não ser uma vantagem substancial para muitos usuários que se conformam com 1 ano de garantia global da Apple. Mas para aqueles que querem uma garantia estendida, algo que só pode ser obtido quando você compra o smarpthone no mercado nacional, a diferença de valores pode ser elevada o suficiente justamente para pagar essa garantia adicional.

Pensando especificamente neste cenário, podemos dizer que a nova família iPhone 13 está sim “menos cara” que a anterior. Para os corajosos que comprarem os telefones aqui, as vantagens são substanciais.

 

 

 

Como ter um iPhone 13 “menos caro”?

 

 

Existem algumas alternativas para ter um iPhone 13 menos caro ou com um custo-benefício um pouco melhor. É claro que não existem milagres neste caso, mas é possível sim ter um smartphone top de linha premium nas mãos sem precisar vender um rim para o mercado negro.

As dicas a seguir são de conhecimento geral de muitos usuários de tecnologia. Porém, os mais novatos ou inexperientes não conhecem tais ferramentas. E como a audiência do blog é rotativa, vale a pena apresentar essas alternativas.

  • Smartphone de aluguel: algumas empresas estão oferecendo smartphones top de linha novos para serem alugados pelo consumidor. A mecânica é basicamente a mesma adotada para alugar um carro, ou seja, você escolhe o modelo e vai pagando as parcelas mensais do aluguel. No final do contrato, você escolhe se quer ficar com o telefone atual (e paga uma porcentagem para completar a aquisição em definitivo) ou se troca por outro telefone novo, e segue pagando o aluguel. Pode ser uma alternativa para quem sempre quer ter um iPhone top de linha sem precisar pagar o valor de um novo.
  • iPhone Para Sempre: o banco Itaú tem uma modalidade de serviço que é similar ao aluguel de um iPhone, mas com porcentagens definidas. Neste serviço, o cliente do banco para 21 parcelas do aluguel do telefone, equivalentes a 70% do seu valor. No final dos pagamentos, o cliente pode optar em devolver o atual telefone e escolher um novo iPhone, ou comprar o modelo atual em definitivo, pagando os 30% restantes do seu valor. Também é uma boa alternativa para quem está acostumado a comprar o telefone da Apple em várias prestações.
  • Importando o iPhone: é o que a maioria das pessoas que tem condições de comprar um iPhone está fazendo, principalmente pelo fato da Apple oferecer garantia global de 1 ano para os seus telefones. Ou seja, não importa em qual país você comprou o dispositivo; em caso de problemas, você pode entrar em qualquer loja oficial da Apple no planeta, e terá assistência técnica nos primeiros 12 meses de aquisição. E importar um iPhone é muito mais barato que comprar aqui, principalmente se você vai utilizar o produto como uso pessoal. Dessa forma, você está livre dos impostos de declaração de conteúdo.

 

 

 

Vale a pena pagar mais de R$ 15 mil em um iPhone 13?

 

 

Os preços do iPhone 13 no Brasil podem variar de R$ 6.599 (iPhone 13 de 128 GB) e R$ 15.499 (iPhone 13 Pro Max de 1 TB). Todos os valores contam com 10% de desconto no pagamento à vista na loja oficial da Apple.

Sendo bem sincero?

É preciso ter muita coragem para pagar R$ 15 mil em um smartphone. Muita coragem MESMO. Se eu chorei ao pagar os R$ 7 mil pelo meu iPhone 11 Pro Max (importado), eu não vou derramar lágrimas por um telefone que custa o preço de uma moto (mesmo que eu não saiba andar de moto).

Tudo bem, você é livre para fazer o que quiser com o seu dinheiro. Mas é o meu dever mostrar para você todos os aspectos deste tipo de investimento. Com a situação atual do Brasil em todos os aspectos (inclusive nos aspectos econômicos), comprar um iPhone no mercado nacional por este preço é demonstrar no mínimo indiferença à realidade.

Se vai realmente comprar um iPhone por aqui, ou espere por alguma promoção (pois algumas devem acontecer nos próximos meses), ou opte por pegar um telefone de alguém de confiança que trouxe o dispositivo de fora.

Ou faça o que você quiser. Você não é obrigado a seguir os meus conselhos.


Compartilhe