Como ativar a inicialização rápida no Windows 10 | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Como ativar a inicialização rápida no Windows 10 | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Como ativar a inicialização rápida no Windows 10

Como ativar a inicialização rápida no Windows 10

Compartilhe

Mais e mais usuários estão preferindo deixar os seus computadores sempre ligados ou optar pelo modo de hibernação no lugar de desligar o equipamento por completo. Porém, isso pode representar um certo maltrato aos equipamentos, chegando inclusive a encurtar a vida útil de alguns dos seus componentes.

Esse tutorial mostra como você pode ativar a opção de inicialização rápida para o Windows 10, otimizando o tempo de arranque do seu equipamento. Mas antes, vale a pena advertir que se você tem outro sistema operacional instalado ou alguma configuração para o dual boot, evite ativar essa opção ou desativa e mesma se ela estiver ativa, pois você pode ter problemas na inicialização rápida.

 

 

Como ativar a inicialização rápida no Windows 10

 

A forma mais rápida de acessar esse modo é através da configuração de bateria. Digite ‘energia’ na barra de buscas do Windows, e selecione ‘Editar planos de energia’ (ou clique no botão direito do ícone da bateria na barra de ferramentas, e selecione ‘opções de energia’).

Uma vez aberta a janela emergente, encontre a opção que controla o comportamento do botão de liga/desliga, localizado no painel lateral esquerdo.

Se o seu equipamento não possui a permissão de administrador, clique na frase que permite a mudança da configuração atualmente não disponível (onde em alguns casos o sistema não vai pedir para confirmar o nosso nome de usuário e senha).

Aqui, basta marcar a casa que indica a ativação do início rápido do Windows, salvar as informações e fechar a janela aberta.

 

 

Para quê serve o modo de inicialização rápida do Windows 10?

 

Diferente de outros modos como o de suspensão ou hibernação do equipamento, no lugar de salvar o estado atual do computador e os aplicativos abertos, esse modo permite acelerar a inicialização rápida do sistema operacional quando ligamos o nosso equipamento do zero (mais sem afetar a velocidade de reinicialização), permitindo assim ao computador um maior repouso e aumentando a vida útil de alguns componentes, como a bateria e a memória RAM.

E quando desligamos o computador com o início rápido ativo, no lugar de apagar toda a informação da RAM, o Windows mantém uma pequena cópia com parte do Kernel e os drivers no disco rígido. Assim, quando voltamos a ligar o computador, no lugar de carregar todo o sistema operacional do zero, nosso PC vai carregar a partir do sistema hibernado, permitindo gastar até uma décima parte do tempo da inicialização normal.


Compartilhe