Compartilhe

Se você não ativou a autenticação em dois passos e alterou a senha na sua conta do Twitter depois do último ataque hacker que a rede social sofreu (aliás, o maior ataque hacker de sua história), você não sabe o que está perdendo.

Dessa forma, você dificulta a vida dos hackers que podem ter acesso à sua conta, o que torna a medida mais do que justificada. Além disso, você também pode revisar as configurações de privacidade no Twitter, para obter um controle maior sobre as informações que a rede social podem compartilhar sobre você e os seus dados.

O Twitter (assim como o Facebook e outras redes sociais) compartilha informações relevantes sobre a sua conta de forma livre com os seus chamados “parceiros comerciais” (aka: anunciantes), com o objetivo de exibir anúncios personalizados nos seus feeds.

Se você acha que o Twitter está abusando do direito em saber tudo sobre você, é possível estabelecer um maior controle de sua privacidade e acesso aos dados na rede social. E mostramos como você pode fazer isso nesse post.

 

 

 

Como ajustar as configurações de privacidade no Twitter

 

Para iniciar os ajustes, toque na imagem de sua conta no canto superior esquerdo da interface do Twitter, e vá em Configurações e Privacidade > Privacidade e Segurança, e busque na lista que vai aparecer o item de Personalização e Dados, na parte inferior da página.

Na nova página que vai aparecer, na parte superior, vai aparecer um switch para desativar todas as configurações de personalização e dados. Essa opção pode ser encontrada na área de configurações nas versões web e mobile do Twitter.

 

 

É possível desativar todas as configurações dessa área, mas é possível realizar ajustes finos para receber anúncios personalizados, e escolher quais são os dados que o Twitter pode coletar do seu histórico de navegação, estabelecendo assim um meio termo entre privacidade e experiência mais personalizada na rede social.

Ao retornar para a página de Privacidade de Segurança em Configurações, você vai ver uma configuração de localização no Twitter para smartphones, onde esse item também pode ser desativando, evitando assim que o microblog use o GPS dos smartphones para personalizar os anúncios exibidos no feed.

 

 

 

Como ver quais são os dados que o Twitter coletou sobre você

 

Também é possível ver quais são os dados demográficos, geográficos e de orientação publicitária que o Twitter coletou sobre você em sua conta.

Vá até a página de Personalização e Dados em Configurção, role para baixo na tela e toque em Ver os Seus Dados no Twitter. Aqui, você pode ver e editar o seu perfil de conta, mas também pode encontrar informações mais detalhadas na aba Interesses e Dados de Anúncio. Você também pode ver e editar os interesses que o Twitter tem sobre você, e solicitar o envio por e-mail de uma lista de anunciantes com os quais a rede social compartilhou os seus dados.

 

 

 

Prevenir é melhor do que remediar

 

O Twitter não passa por um momento tranquilo, e não dá para saber quando a rede social não vai sofrer outro ataque cibernético. Logo, por mais que você ainda confie no microblog para manter os seus dados dentro dela minimamente seguros, vale a pena reforçar a segurança dos seus dados no serviço, ainda mais agora que você sabe que o site compartilha os seus dados pessoais e de navegação com “parceiros comerciais”.

Ter uma atitude preventiva é sempre melhor do que ter que remediar vazamentos de dados e ataques hacker.


Compartilhe