Compartilhe

Já entendemos que o Claro Box TV chamou a atenção de muita gente. Isso fica claro (sem trocadilhos) quando olhamos para o volume de acessos do post que apresentou a proposta do serviço de TV por assinatura via streaming para o grande público.

Mas o que acontece agora é que a procura por informações sobre o Claro Box TV pode estar acontecendo porque o serviço teve um início… como podemos dizer sem ofender ninguém… complicado (para dizer o mínimo). Nesse post, vamos compartilhar com o leitor o que sabemos, e tentar compartilhar um entendimento comum sobre o cenário geral.

 

 

 

Claro Box TV começou a ser vendido…

 

O serviço do Claro Box TV começou a ser comercializado no mercado brasileiro na última segunda-feira (26), nas lojas próprias da operadora nas cidades de São Paulo (SP), Campinas (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Curitiba (PR), além das vendas online que estão disponíveis de forma exclusiva para clientes das cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.

Por enquanto, o Claro Box TV só está disponível para as cidades mencionadas no parágrafo anterior, e não há previsão para o lançamento do serviço em outras cidades.

Para quem é cliente da Claro, o aparelho é ofertado de forma gratuita em comodato. Usuários de outras operadoras ou novos clientes pagam uma taxa de adesão de R$ 250. Não há fidelização, e o cliente pode cancelar o serviço a qualquer momento.

Com uma mensalidade mínima de R$ 20, os clientes do Claro Box TV podem ter acesso ao NOW, Claro Música, Claro Vídeo e canais como Band e Cultura, além de acesso à Netflix pelo dispositivo para quem já tem uma conta na plataforma de streaming de Jeff Bezos.

Por R$ 29,90 a mais, o cliente recebe o acesso a mais de 80 canais pagos, como Disney XD, Sony, FX, MTV, TNT, History Channel, FOX, Cartoon Network, entre outros.

Tudo claro (sem trocadilhos de novo) até aqui. Certo?

Não é bem assim…

 

 

 

…mas muita gente não consegue contratar o Claro Box TV!

 

A impressão que fica é que a Claro não estava preparado para a popularidade que o Claro Box TV recebeu logo de cara, pois os problemas que os clientes estão enfrentando para conseguir contratar o serviço neste primeiro momento podem estar acontecendo justamente porque o produto despertou o interesse de muita gente.

Por outro lado, alguns usuários acusam a Claro de não estar preparada para o lançamento do do Claro Box TV como um todo, já que afirmam que o hotsite do produto está pronto, incluindo os botões para contratação do serviço. Porém, os botões não funcionam, não abrindo a página de cadastro do plano.

Além disso, quando o cliente consegue entrar na página de cadastro (onde precisa informar os seus dados para realizar a adesão do plano) no final do cadastro ele recebe a mensagem: “Ops, ocorreu um erro inesperado. Por favor, tente mais tarde”.

E isso é realmente frustrante.

Vale o registro que tal comportamento seria algo aceitável se a tentativa de cadastro acontecesse em uma cidade cujo serviço não está disponível (como é o meu caso aqui em Florianópolis, SC). Porém, consumidores do Rio de Janeiro e São Paulo estão alegando o mesmo problema, e em simulações feitas pelo site Minha Operadora, a anormalidade se repetiu, mas de forma exagerada, com a Claro enviando várias mensagens de SMS convidando o cliente a concluir o cadastro e a contratação.

Quem tenta assinar o Claro Box TV por telefone acaba ficando igualmente frustrado, pois os atendentes simplesmente ignoram a existência do produto. E, como já era de esperar, a aquisição do mesmo só poderia ser feito pelo portal da Claro.

De acordo com o atendimento via WhatsApp (encaminhado pelo chat da Claro), o site está apresentando uma mensagem de erro porque o produto Claro Box TV “ainda não foi lançado oficialmente”. Ora, se não foi lançado, como ele pode estar disponível para compra em quiosques da operadora e com hotsite habilitado para contratação?

 

 

 

Claro claramente (sic) batendo cabeça*

 

Entendo que é até normal que alguns problemas aconteçam no ato do lançamento de um novo produto dentro de uma operadora. Porém, estamos falando da Claro, que é gigante. Ela não só anunciou o lançamento do Claro Box TV como também começou a comercializar o produto. E acho difícil que um erro de comunicação tão grande e grosseiro tenha acontecido.

Estamos esperando que a Claro esclareça o que está acontecendo, pois já sabemos qual é a versão dos clientes em potencial. É e melhor que os problemas se resolvam rapidamente, pois o produto é sim bem interessante, mas pode perder o interesse de consumidores impacientes.

 

 

*Desculpa, mas eu não podia perder essa piada… a bola foi tão bem levantada na minha cabeça, que eu só podia cortar e comemorar…

 

 

Via Claro, Minha Operadora


Compartilhe