Compartilhe

As festas de final de ano é o período perfeito para desenvolver conversas polêmicas e introspectivas. É uma tradição que, do ponto de vista tecnológico, está se desenvolvendo ao longo de todo o ano. Logo, sem qualquer malícia, oferecemos cinco temas para debater com parentes e amigos tão geeks como você.

 

 

O desastroso ano do Facebook

 

 

Polêmicas na rede social e mentiras de Mark Zuckerberg. 2018 entra para a história como o ano do escândalo do Cambridge Analytica, as fake news e manipulação das eleições nos EUA, a venda de dados de forma desenfreada, e vários outros problemas que colocam o Facebook como tema de qualquer debate polêmico de final de ano.

 

 

O difícil (e igualmente polêmico) ano da Apple

 

 

2018 não foi um ano fácil para a Apple. Uma queda de mais de 20% na bolsa (talvez por causa das más expectativas de vendas dos novos iPhones), um iPad Pro que ressuscitou o pesadelo do ‘bendgate’, a polêmica com as baterias dos iPhones antigos, e outros problemas menores? A Apple não é mais a mesma? Faça a pergunta para aquele seu primo Apple fanboy.

 

 

A invasão asiática

 

 

Foi um ano de sucesso da Xiaomi nos smartphones, mas a marca foi bem também nos wearables, computadores, patinetes elétricos e em vários outros gadgets. Com músculo financeiro para oferecer preços muito reduzidos, está a caminho de superar a Samsung em alguns mercados. Sua expansão global é sustentada por milhões de fãs da marca, e este é apenas um exemplo de como os produtos chineses estão pisando forte. E isso porque eu não falei da Huawei, da OPPO e de outras.

 

 

Alto-falantes inteligentes, o gadget de 2018

 

 

Apple HomePod, Google Home, Amazon Echo e vários outros modelos de alto-falantes inteligentes dominaram o mercado em 2018. É claro que os mais preocupados se incomodam com o fato desses produtos ouvirem tudo o tempo todo, mas isso o seu smartphone faz há muito tempo. Os dispositivos que controlam outros dispositivos em sua casa prometem ser a próxima geração dos gadgets que serão considerados imprescindíveis. Será?

 

 

Afinal de contas, o que passa na mente de Elon Musk?

 

 

O ex-CEO da Tesla é o grande personagem de 2018 por causa de suas loucas ideias tecnológicas, mas também pelas suas opiniões polêmicas, especialmente sob efeitos de drogas. Fumar maconha durante uma entrevista não foi a melhor ideia do mundo, mas isso foi compensado pelos foguetes reutilizáveis Space X e sistemas de energia fotovoltaica SolarCity + Tesla. Mas… ainda assim… ele precisa diminuir a quantidade de marijuana.


Compartilhe