Compartilhe

São dezenas de smartphones apresentados todos os meses, o que só aumenta a oferta de dispositivos. Mesmo com os modelos top de linha monopolizando as atenções, os dispositivos de entrada também merecem destaque.

São várias alternativas, e os cinco modelos listados nesse post são apenas sugestões. Independente do motivo para a sua compra (baixo orçamento, segundo smartphone, substituto), temos aqui modelos que podem atender as necessidades básicas do dia a dia.

Pois bem, vamos para a lista dos smartphones que não prometem milagres, mas oferecem mais do que você imaginava

 

 

UMIDIGI A1 Pro

 

 

Conta com tela de 5.5 polegadas, processador MediaTek que entrega um bom desempenho de navegação e consumo de vídeos no YouTube, considerando sua tela com resolução HD+. Sua bateria de 3.150 mAh entrega uma boa autonomia, e o Android 8.1 Oreo mata de inveja muito top de linha por aí.

 

 

Xiaomi Redmi 6A

 

 

Apresenta um preço muito baixo para um dispositivo muito sólido na sua concepção geral. Possui tela de 5.5 polegadas (HD+), câmeras de 13 MP e 5 MP, Android 8.1 Oreo com a interface MIUI 9, e é pensado nos mais conservadores em termos de design. E ainda assim é um dispositivo bem interessante.

 

 

Xiaomi Redmi 6

 

 

É uma versão melhorada do Redmi 6A, com um melhor processador (Helio P22) e 3 GB de RAM, entregando uma performance superior. Conta com câmera traseira dupla de 12 MP + 5 MP, é um excelente investimento para quem procura um smartphone bom e barato.

 

 

UMIDIGI One

 

 

Conta com tela de 5.86 polegadas (HD+), e é o primeiro dessa lista a apresentar o notch. Seu processador é o MediaTek MT6763, trabalhando com 4 GB de RAM. Conta com câmera dupla traseira de 12 MP + 5 MP, e câmera frontal de 16 MP.

 

 

Xiaomi Mi A2 Lite

 

 

O mais interessante da lista, ainda mais porque pode ser encontrado no Brasil por menos de R$ 1.000. Seu design em metal abriga uma tela FullView de 5.84 polegadas (Full HD+), um pequeno notch na parte superior frontal, processador Snapdragon 625 e 3 GB de RAM. Nas câmeras, um sensor duplo traseiro de 12 MP + 5 MP, e um sensor frontal de 5 MP, ambos com funcionalidades de inteligência artificial.

O Xiaomi Mi A2 Lite é sobressalente porque conta também com uma bateria de 4.000 mAh, além de ser parte do projeto Android One, entregando pelo menos dois dias de autonomia de bateria e um Android puro, com atualizações rápidas por dois anos.


Compartilhe