A realidade aumentada é uma realidade (sem trocadilhos). É uma das tecnologias da moda, entregando uma experiência diferente e é muito útil para diferentes segmentos, como medicina, educação, turismo e esporte.

Hoje, podemos desfrutar dessa tecnologia em casa, através dos óculos de realidade virtual. No mercado, temos modelos relativamente acessíveis e com funcionalidades interessantes.

Nesse post, indicamos cinco modelos já disponíveis no mercado que podem te interessar.

 

1. Samsung Gear VR

 

 

Entre suas principais virtudes, ele permite acessar conteúdos em realidade virtual e 360 graus, conteúdos interativos simulando em uma sala de cinema. É compatível com os principais smartphones da Samsung, mais especificamente os modelos Galaxy S9, S9+, Galaxy Note 8, Galaxy S8, S8+, S7, S7 edge, S6 edge+, S6, S6 edge, Galaxy A8.

O Samsung Gear VR conta com lentes de 42 mm com ângulos de visão de 101 graus. Pesa 345 gramas, e conta com um controle que oferece a possibilidade de interagir de forma simples com jogos ou realizar várias ações, como pausar um filme, mudar a cena e retornar ao menu. O produto conta com portas microUSB e USB Type-C para facilitar as conexões. Por fim, conta com a sua própria loja de aplicativos, a Oculus Store, que inclui uma ampla seleção de conteúdos.

 

2. Lenovo Explorer

 

 

Baseado no Windows Mixed Reality, pesa apenas 380 gramas e aceita até dois controles próprios, permitindo um melhor deslocamento pelos diferentes aplicativos e jogos disponíveis. Conta com duas câmeras integradas que são capazes de reconhecer movimentos de 360 graus. A resolução de cada umas das telas é de 1440 x 1440 pixels, permitindo assim a reprodução de vídeos em 3D e 4K.

O Lenovo Explorer é gerenciado pelo Windows 10, permitindo a navegação em realidade virtual por alguns elementos do nosso PC. Tem acesso à Windows Store para jogos e apps, além de realizar videochamadas no Skype, entregando uma experiência muito diferente da atual. O produto reconhece comandos de voz, inclusive com o assistente Cortana, entregando os resultados nas telas do óculos.

 

 

3. PlayStation VR

 

 

Te coloca dentro do game (quase) literalmente. Possui tela de 5.7 polegadas (1920 x 1080 pixels RGB, 960 x 1080 pixels para cada olho a 120 fps). Conta com nove sensores LED de rastreamento de 360 graus, com campo de visão de 100 graus e latência de 18 milissegundos.

Outra característica de destaque é o áudio 360 para uma maior qualidade. Trabalha em conjunto com o PlayStation 4, e no seu pack de venda inclui uma PS Camera e o título VR Worlds, que oferece cinco jogos diferentes.

 

 

4. Oculus Go

 

 

Desenvolvido pelo Facebook, se propõe a ser um produto de baixo custo (220 euros no modelo de 32 GB, 269 euros na versão com 64 GB). Contam com um design bonito e confortável.

Dispensa o uso do smartphone para funcionar, mas precisa de um computador muito potente para executar jogos em realidade aumentada. Também dispensa o uso de cabos, sendo assim mais prático e manejável. Conta com duas telas com resolução de 2560 x 1440 pixels, podendo assim reproduzir vídeos em 4K. Suas telas contam com taxa de atualização de tela de 60 Hz ou 72 Hz, e possui som espacial integrado. Seu peso é de 468 gramas e é compatível com a biblioteca de conteúdo do Samsung Gear VR.

 

5. HTC Vive Pro

 

 

É o mais caro de todos, mas em compensação conta com telas OLED com resolução de 2880 x 1600 pixels, entregando som espacial 3D e frequência de atualização de 90 Hz, com campo de visão de 110 graus.

Também são mais cômodas no uso pela correia que distribui o peso dos fones na sua cabeça de forma mais equilibrada. Recebe câmeras dual com detecção de profundidade na parte da frente, e é compatível com os controles Vive e as estações base de posicionamento e monitoramento já existentes.