Compartilhe

Muitas coisas podem influenciar no bom funcionamento de uma conexão WiFi. Nesse post, vamos descobrir cinco coisas muito importantes que podem afetar de forma significativa no correto funcionamento desse tipo de conexão, com alguns conselhos que podem ajudar nos bons resultados.

 

 

A importância do cabo que conecta ao roteador

Um item básico, que passa batido pela maioria.

Com exceção das conexões LTE, o seu roteador recebe o sinal de internet oferecido pelo provedor através de um cabo. E um cabo problemático com certeza fará com que a sua conexão WiFi não funcione corretamente.

Antes de alterar complicadas configurações, verifique se o cabo de internet está bem conectado no roteador. Revise por completo o cabo para verificar se ele apresenta danos, especialmente em instalações antigas ou que mudaram recentemente de lugar.

 

 

Como influenciam os dispositivos conectados

O desempenho do WiFi depende do tipo de serviço que contratamos, do roteador e dos dispositivos que estão conectados nele. Uma internet de alta velocidade conectada a um roteador de alta qualidade pode resultar em uma ótima experiência de uso, mas tudo depende diretamente das possibilidades de cada dispositivo.

Dispositivos mais antigos não podem tirar todo o proveito de uma conexão mais nova, por conta das naturais limitações do gadget em questão. Um iPhone 5s limitado ao WiFi N (uma rede mais saturada) não vai tirar o mesmo proveito de um iPhone 7 compatível com WiFi AC. E gadgets antigos demais podem afetar o desempenho de toda a sua rede sem fio, limitando o seu potencial.

 

 

 

O problema dos bloqueadores naturais

A distância que o sinal WiFi precisa percorrer para chegar ao dispositivo também é um fator a ser considerado. Quanto mais longe do roteador, menor é o desempenho da rede.

As distâncias importam, e os obstáculos também. Não basta colocar o roteador em uma posição central. É preciso considerar o seu entorno e os obstáculos naturais.

O padrão WiFi 5 é mais sensível às distâncias que o WiFi 4, mas o segundo é afetado pelas interferências dos eletrodomésticos que geram ondas na faixa dos 2.4 GHz. Ou seja, colocar o roteador em um espaço livre desse tipo de dispositivos é fundamental para obter uma boa conexão.

 

 

A importância do roteador como elemento central da sua conexão

Ter uma boa conexão à internet é fundamental, mas o roteador tem papel importante, pois vai coordenar os diversos dispositivos que vão utilizar essa conexão sem fio.

Do roteador depende o alcance da conexão WiFi, sua velocidade, as opções de segurança e a melhor experiência de uso com diferentes funções avançadas. De nada adianta ter uma internet de alta velocidade e um roteador de baixa qualidade. Leve isso em consideração também.

 

 

O peso de ter vários dispositivos conectados

Ter muitos dispositivos conectados em uma rede WiFi pode resultar em problemas que nem sempre se resolvem de forma automática. De novo, o roteador tem um papel muito importante.

Os roteadores mais avançados contam com tecnologias de última geração que entregam uma boa experiência com vários dispositivos conectados (padrão WiFi 5 e MIMO).

Roteadores com WiFi 4 podem ficar saturadas rapidamente quando utilizamos vários dispositivos sem fio de forma simultânea. Para quem tem problemas constantes de conexão, pode ser que o roteador se encontre em rotina de falha permanente, que só vai sair com uma reinicialização completa (desconexão da rede elétrica por pelo menos um minuto e reinicialização efetiva).


Compartilhe