Uma hora você vai vender o seu iPhone velho para comprar um novo. Não dá para ficar mais de quatro anos com o mesmo smartphone da Apple. Mesmo assim, vai ter alguém interessado no seu velho dispositivo, pois não tem essa bala na agulha toda para comprar um telefone novo (e caro).

Então, antes de colocar o seu iPhone à venda, leve em consideração as cinco dicas ou truques para obter o maior lucro possível com a transação. Tais dicas podem resultar em um pouco de dinheiro a mais para investir no novo smartphone.

 

 

1. Observe o valor atual de mercado do seu dispositivo

 

Por mais que o iPhone não sofra do efeito de desvalorização que atinge aos smartphones Android, ainda estamos falando de um produto usado. Logo, não adianta tentar cobrar um preço muito próximo dos valores atuais de mercado. Se você está com pressa na venda, não tem outra alternativa: vai vender por menos. Se pode esperar um pouco, as chances de obter um preço melhor na transação aumentam.

 

 

2. Faça boas fotos do produto que você está vendendo

 

A propaganda é a alma do negócio, e está historicamente comprovado que um anúncio com boas fotos atraem mais compradores. Mostre o seu dispositivo em detalhes, inclusive a caixa e todos os seus acessórios. Quanto mais completo estiver o anúncio nesse aspecto, maiores são as chances de você vender o produto em um menor tempo.

 

 

 

3. Seja claro na hora de descrever os detalhes

 

O texto do anúncio é crucial. Procure deixar todas as características do produto na descrição e, se possível, todos os detalhes técnicos. Os compradores mais exigentes (e mais propensos a ficar com o seu produto) gostam de anúncios com riqueza de detalhes. Sem falar que isso evita dores de cabeça no futuro, com compradores que não gostam de ler e quer reclamar depois sobre ‘surpresas’ no produto comprado.

 

 

4. Apague todos os seus dados com o modo de fábrica

 

É para a sua própria segurança. Deletar fotos e vídeos e desinstalar os apps não é suficiente. Você precisa reinicializar o dispositivo em modo de fábrica para apagar rigorosamente tudo o que estava no iPhone, incluindo o seu Apple ID e outras credenciais pessoais. Você não vai querer que o futuro comprador acesse todo o conteúdo armazenado por você por anos naquele velho telefone, certo?

 

 

 

5. Preste atenção no comprador

 

Não é pré-conceito, mas sim, precaução. Se você achar o comprador com um comportamento ou atitude suspeitas, não conclua a venda e espere por um perfil melhor. Você não sabe como aquela pessoa vai usar o seu dispositivo no futuro. Procure vender para clientes na mesma cidade que a sua, e se for fazer transações com usuários de outras cidades, use um meio seguro de pagamento, para você não se tornar mais uma vítima de um golpe virtual.