Compartilhe

A popularidade do TikToK está seriamente ameaçada, já que a Índia bloqueou o aplicativo chinês, e Austrália e Estados Unidos consideram fazer o mesmo, diante da preocupação da influência do governo chinês no aplicativo. O aplicativo é de propriedade da ByteDance, e tem mais de 2 bilhões de downloads (623 milhões apenas no primeiro semestre de 2020).

Se você é um TikToker e começou a coçar a cabeça temendo o desaparecimento do aplicativo, indicamos nesse post cinco aplicativos que podem preencher o vazio que o app chinês pode deixar.

 

 

 

Dubsmash

 

O Dubsmash é um dos apps mais simples de usar. Basicamente, você escolhe a música, grava o seu vídeo dançando ou dublando a música, e envia para a plataforma. E nada mais.

O app conta com filtros, temporizador e permite a edição do vídeo gravado. Você ainda pode adicionar textos ou uma enquete no vídeo. Porém, suas opções de edição são mais limitadas. Mas é uma alternativa se considerar.

 

 

 

Funimate

 

O Funimate é ótimo para editar vídeos para redes sociais, mas deixa a desejar como plataforma social. Possui várias ferramentas, como agregar efeitos, filtros, transições, mudança de cores, adicionar textos, duplicar temas, rotacionar as imagens e vários outros recursos.

O lado bom é que este é um app fácil de usar. O lado ruim é que vários dos seus recursos só estão disponíveis na versão Pro (US$ 2.99 semanais), e isso vai espantar muitos usuários.

 

 

 

Likee

 

É muito parecido com o TikTok: funciona da mesma forma e também foi proibido na Índia por problemas de privacidade. O Likee é focado na criação e edição de vídeos, com uma interface e interação muito similar ao do TikTok.

Porém, conta com recursos adicionais, como filtros de maquiagem e microcirurgia, além de stickers, filtros e outras ferramentas de edição, além de poder criar vídeos ao vivo e usar o filtro Magic Musical para agregar efeitos especiais que se movem no ritmo da música.

 

 

 

Triller

 

O Triller permite a criação de seus próprios videoclipes musicais, em uma interface de fácil navegação, com mais de 100 filtros e opções para edição de vídeos.

O app ainda conta com o botão Aleatório, que cria uma edição ao acaso do seu vídeo por conta própria. Se você é um vlogger ou quer apenas dar um toque adicional aos vídeos enviados nas redes sociais.

Abaixo, um vídeo ilustrativo sobre o seu funcionamento.

 

 

 

 

Instagram Reels

 

O Instagram Reels permite a gravação e edição de vídeos no estilo do TikTok, com a vantagem de já estar integrado ao Instagram, que hoje tem mais de 1 bilhão de usuários.

O aplicativo permite gravar, pausar, utilizar um temporizador, mudar a velocidade do vídeo, adicionar músicas e sobrepor a gravação anterior como guia. Sua curva de aprendizado é quase inexistente para quem já usa o TikTok.

Hoje, o Reels está disponível em poucos países, mas a boa notícia é que está ativo no Brasil. O recurso será integrado no Instagram para os usuários norte-americanos a partir de agosto.

 

 

 

Conclusão

 

Não dá para saber se o TikTok vai morrer no futuro (não sou eu que vou fazer esse exercício de futurologia), mas é fato que o app de vídeos musicais curtos está um tanto quanto ameaçado, e a concorrência existe… e pode ganhar terreno diante da crise com o app líder de mercado.


Compartilhe