TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Celular sem resistência à água gosta de piscina? Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Celular sem resistência à água gosta de piscina?

Celular sem resistência à água gosta de piscina?

Compartilhe

Se o seu smartphone possui a resistência IP68, parabéns. Isso significa que o seu telefone pode tomar uma chuva sem problemas, e até mesmo encarar um mergulho rápido na piscina de forma acidental.

Agora, se você não tem essa proteção, é preciso pensar muito antes de ver o que está rolando no Instagram na beira da piscina, pois essa está bem longe de ser uma boa ideia.

Mas se você é uma pessoa insistente e quer eliminar essa dúvida antes de insistir no erro, chegou a hora de oferecer algumas respostas. Mesmo que elas não agradem.

 

 

 

Nem pense em água neste caso

Se o seu smartphone cair na piscina ou tiver contato com a água do mar, é melhor começar a pensar.

Qualquer telefone que não conte com uma certificação de proteção à água não recebe internamente o sistema baseado em cola emborrachada nas suas juntas para repelir a água.

Os dispositivos que recebem a proteção IP68 recebem uma quantidade adicional de cola emborrachada nas áreas onde as peças da carcaça se juntam e na área dos conectores para deixar o dispositivo impermeável e mais protegido aos efeitos da água.

Sem esse elemento, ter o telefone mergulhando na piscina significa o desastre iminente. Você pode até tentar salvar ele com os diversos truques que existem para secar smartphones (já falamos sobre isso aqui no blog), mas em boa parte dos casos o destino final é a morte do dispositivo.

Por isso, se o seu telefone não possui o tal IP68, nem deixa ele perto da piscina e, por favor, não vá com ele na praia. A água salgada vai corroer os componentes internos de forma quase inevitável.

 

 

 

Tome cuidado até mesmo com as pequenas gotas de água

Pequenas gotas de água da piscina, da chuva ou até mesmo do suor produzido pelo nosso corpo podem penetrar os conectores de cabo USB-C e até mesmo os orifícios de microfone do dispositivo. Por isso, cuidado com eles.

Nestes casos mencionados acima, a proteção IP68 é fundamental para manter o telefone funcionando. Sem essa proteção, os menores resquícios de água podem acabar com o dispositivo ou com alguma funcionalidade importante.

E você não vai querer correr este risco, certo?

 

 

 

Existe uma forma de molhar um smartphone sem proteção?

 

 

O bom senso diz que você já deveria ter desistido dessa ideia depois de ler tudo o que eu escrevi até agora, mas você é livre para dar murros na parede. Até porque não é todo mundo que tem bom senso.

Mas existe pelo menos uma forma de levar o seu smartphone para a piscina de forma segura, mesmo que o dispositivo não conte com proteção à água.

Basta que você use um daqueles cases que contam com proteção contra a água. Ele lembra um saco no estilo ziplock, onde você coloca o telefone dentro, fecha o saco muito bem e deixa ele lá, boiando com você na piscina.

Porém, é fundamental ter o máximo de cuidado para deixar o dispositivo hermeticamente fechado, justamente para evitar que a água entre acidentalmente dentro do saco. E, mesmo assim, pense várias vezes antes de optar por usar o smartphone na piscina desse jeito, já que acidentes podem acontecer.

Você não pode dizer que não foi avisado. Este post existe exatamente para isso: avisar que você pode se dar mal se tentar.


Compartilhe