Compartilhe

Os ladrões seguem aperfeiçoando suas técnicas para cometer crimes. Ouvimos histórias alucinantes sobre as estratégias utilizadas para furtos e roubos de produtos. Mas as autoridades agora estão estabelecendo suas próprias estratégias.

A polícia da cidade de Jersey (EUA) está se aproveitando da prerrogativa onde as lojas estão autorizadas a simplesmente deixar os pacotes na porta das casas para introduzir câmeras em caixas falsas da Amazon.

O objetivo aqui é óbvio: localizar e prender o quanto antes os ladrões que se dedicam a roubar as caixas entregues pela Amazon na porta dos clientes. Aliás, no Brasil isso jamais poderia acontecer, pois o efeito colateral de criminalidade seria o mesmo ou pior.

 

 

Roubo de pacotes da Amazon: um problema bem comum

 

 

Não há números oficiais, mas sabemos que a quantidade de roubos deve ser alta o suficiente para que a Amazon, em conjunto com as autoridades locais, iniciem um serviço de vigilância e investigação como esse.

A operação também está acontecendo de forma similar no Novo México, Califórnia e Oregon, e dessa forma a Amazon fica sabendo quais são as áreas onde mais esses roubos acontecem, a sua frequência e outras variáveis que servem para prender os ladrões.

Outras medidas adotadas pela Amazon nos últimos tempos são os postos de entrega, onde os compradores recolhem os seus pacotes através de um código secreto, evitando assim deixar as compras no tempo e debaixo dos braços de um meliante.

Também foram estabelecidos determinados controles nos próprios entregadores, que em alguns casos simplesmente levaram os pacotes para as suas casas no lugar de realizar a entrega no domicílio dos clientes.

Como vocês podem perceber, gente inescrupulosa e corrupta existe em todos os lugares do planeta. Para quem pensa que norte-americano médio é mais honesto que o brasileiro, a notícia pode fazer repensar os conceitos.

A principal diferença é que nos Estados Unidos existem políticas para prevenir e combater a criminalidade. Já no Brasil…

 

Via APNews


Compartilhe