Brotopia

Em 6 de fevereiro chega ao mercado um livro que vai gerar mais polêmica dentro da indústria tecnológica norte-americana e mundial. Brotopia, escrito por Emily Chang (jornalista da Bloomberg TV), mostra o que acontece nos bastidores das grandes (e novas) empresas de Silicon Valley, onde ‘pelo menos uma vez por mês tem festas cheias de sexo e drogas’.

A narrativa se baseia em entrevistas de pessoas que trabalhavam nessas festas, que narraram sem pudores o que acontecia ali. ‘O comportamento dessas festas para pessoas de alto nível é uma extensão do progressismo e da mente aberta que faz com que todos esses fundadores realmente acreditem que vão mudar o mundo’, narra a autora.

Brotopia também fala sobre o sexismo em Silicon Valley. Nas festas, os homens ‘qualificavam’ as mulheres de acordo com sua aparência física e idade. ‘Se eram atraentes, jovens e com boa disposição, independente de sua capacidade profissional ou conta no banco’.

 

 

A prévia do livro publicada na Vanity Fair fez muito ruído entre as figuras carimbadas de Silicon Valley. Um daqueles que levantou voz foi Elon Musk (SpaceX, Tesla), que comentou sobre a narrativa de Chang dsobre uma festa da empresa DFJ, alegando que ‘essa festa foi chata e corporativa, sem sexo ou nudez’.

Diante das declarações de Musk, Chang se defende dizendo que ‘nem todos os presentes em uma festa podem ter a mesma experiência’. Mas o mais importante de tudo isso é que Emily acredita que esse cenário ‘é apenas uma pequena parte de uma cultura muito maior, que deixou as mulheres de fora do maior processo de criação de riquezas da história’.

Brotopia chega ao mercado em fevereiro nos formatos digital e físico. Com certeza será um livro que vai dar muito o que falar.

 

Via Vanity Fair