Wetten.com Brasil Apostas
Home » Games » Brasileiro “espertinho” já inflacionou o preço do PS5

Brasileiro “espertinho” já inflacionou o preço do PS5

Compartilhe

E você achou que isso não ia acontecer?

Mais rápido do que você poderia imaginar (na verdade, foi mais ou menos dentro do tempo esperado), o PS5 já pode ser encontrado no mercado alternativo ou mercado cinza brasileiro. São unidades daquelas pessoas que compraram o novo videogame da Sony com um único objetivo: revender para lucrar em cima daqueles que estavam com pressa e/ou desesperados para ter o produto em mãos.

Na verdade, já existe todo um mercado cinza em torno do PS5, não envolvendo apenas o videogame, mas também alguns itens cuja venda é considerada ilegal pela Sony.

 

 

 

O brasileiro não perde tempo mesmo…

 

 

Para ser bem justo com os brasileiros, tal prática de revenda do PS5 não está acontecendo apenas no Brasil. É um fenômeno global. Não foi apenas por aqui que o console basicamente desapareceu tão logo chegou ao mercado, e a corrida por ele é a mesma em vários mercados ao redor do planeta.

Por isso, não é nenhum absurdo ver um PS5 que pode custar até R$ 4.699 no comércio formal flertar com os R$ 11 mil no mercado alternativo. O que pode ser um absurdo é pagar esse preço por um console de videogame, por melhor que ele seja.

Estamos diante da regra maior que impulsiona a lei de oferta e procura: se um produto é muito procurado pelo consumidor, o seu preço vai simplesmente disparar. Mas ao menos agora a gente sabe que um PS5 está valendo tanto quanto um saco de arroz no Brasil.

Já podemos fazer piada sobre isso?

O preço dos consoles da Sony no mercado cinza podem variar entre R$ 9 mil e R$ 12 mil, dependendo do humor do vendedor. E eu nem preciso dizer que, definitivamente, não vale a pena pagar tanto dinheiro por um videogame.

E, antes que eu me esqueça… também já existe um mercado alternativo para o Xbox Series X e Xbox Series S. Eu mesmo já encontrei uma unidade da versão digital do console da Microsoft. Porém, os preços estão mais próximos da realidade, apesar de ainda considerar um valor relativamente alto (R$ 2.600 pelo Xbox Series S não é exatamente um “preço promocional”.

 

 

 

E o esquema do PS Plus Collection?

 

 

Aqui é mesmo o caso do brasileiro querendo tirar vantagem em tudo.

Afinal de contas, o PS Plus Collection é uma coleção de jogos do PS4 em formato digital que podem ser executados de forma gratuita no PS5, sem custo adicional. Acontece que já tem gente vendendo as licenças de acesso ao recurso no Mercado Livre ou OLX da vida, com preços que variam entre R$ 10 e R$ 60.

Vale a pena deixar bem claro para os espertos que isso viola as políticas de uso da Sony, sem falar que é uma péssima ideia compartilhar credenciais da PSN com pessoas que você não conhece. Vai saber o que a pessoa vai fazer com esses dados no futuro.

Neste caso, os termos de serviço da Sony são muito claros:

 

5.9. Não compartilhe, compre, venda, alugue, sublicencie, negocie, transfira, colete ou distribua nenhuma Conta, informações de Contas ou outras credenciais de Contas.

 

 

Via Tecnoblog, Tecnoblog, Business Insider


Compartilhe