Compartilhe

Os carros a combustível estão com os dias contados. Em troca, os veículos elétricos se posicionam como a alternativa sustentável que vai inundar as estradas de todo o planeta nos próximos anos. Mas nem todos acreditam que os carros elétricos são a solução ideal.

Um novo estudo sugere que a solução para a mobilidade está na bicicleta elétrica, alternativa que melhora a saúde dos urbanistas e que acabaria com os engarrafamentos nas cidades.

 

 

Mais carros elétricos, mais engarrafamentos

 

 

O Centro para a Investigação de Soluções de Demanda de Energia (CREDS) do Reino Unido publicou um novo estudo que trata dessa questão. De acordo com os autores do estudo, os automóveis não são a melhor solução para as cidades, nem mesmo os carros elétricos. No que eles se baseiam para afirmar isso?

O estudo sugere que o “menor custo” para manter e carregar um carro elétrico, além de uma menor tributação (pela ausência dos impostos vindos dos combustíveis) vai resultar em um aumento do número de carros nas cidades, que por sua vez vai resultar em maiores congestionamentos nas cidades. Congestionamentos maiores que os atuais.

Aumentando o número de carros, também vai aumentar o sedentarismo e o s problemas de saúde dos habitantes das cidades.

Então… qual é a solução para todos esses problemas?

 

 

As bicicletas elétricas são a solução

 

 

Os autores do estudo dão a resposta, e ela é bem clara: as bicicletas elétricas.

Este tipo de veículo permite um deslocamento com um menor cansaço do que uma bicicleta convencional, mas ainda é um meio de transporte ativo para melhorar a saúde dos seus usuários, além de ser positivo combinar as bicicletas elétricas com as motos elétricas, os patinetes elétricos e o transporte público.

Ainda que as conclusões do estudo possam parecer muito precipitadas, o fato é que tudo isso tem muita lógica. Hoje, os carros elétricos (e as bicicletas elétricas também) custam muito caras. Porém, o normal é que o preço caia bastante no futuro, se tornando acessíveis para praticamente qualquer pessoa.

Essa situação faria com que os veículos de combustível sejam aposentados, para os elétricos dominarem as estradas. Não seria um absurdo ver a previsão do estudo se concretizar, e as cidades sofrerem ainda mais dos engarrafamentos.

Vamos abandonar os carros e utilizar as bicicletas elétricas? Não sei. Só sei que em Amsterdã (Holanda) isso já aconteceu, e está funcionando muito bem. Por que não no resto do mundo?

 

Via Forbes, CREDS


Compartilhe