Aumenta a venda de carros usados e carros seminovos no Brasil

Compartilhe

A evolução da venda de carros

As vendas de carros no Brasil  aumentam ano após ano. O mercado de vendas de automóveis  deste país sempre foi um dos mais importantes do mundo, devido a sua imponente indústria automotiva

No ano de 2019 representou um dos anos onde mais cresceu a venda geral de carros, incrementando as matrículas de carros novos um 7,63%. Particularmente a venda de carros usados cresceu sobre os novos, já que a entrega dessas geralmente demoram e o público prefere adquiri-los de maneira imediata. Embora no país tenha aumentado as vendas em geral em todos os Estados, em São Paulo não se produziu uma subida nas vendas. Este motivo corresponde ao incremento de 207% na alíquota do ICMS sobre carros usados.

E digno de nota, que pese a que o São Paulo lidera a indústria automotiva, houve uma queda de 3% nas operações de venda de carros usados, sobre a venda nacional. 

A partir de 2020, como resultado do efeito da pandemia, o mercado sofreu uma baixa em comparação com o ano anterior, como em todo o mundo, os efeitos econômicos em geral golpearam o mercado brasileiro. Além do efeito negativo, o público do Brasil continua optando por comprar carros usados por sobre os seminovos ou novos.

 

 

 

As marcas e modelos que os brasileiros preferem

De acordo com a Federação Nacional Distribuição Veículos Automotores, mais uma vez o Volkswagen Gol é um dos preferidos pelos brasileiros, e na lista de vendas de carros usados continuam também liderando o Fiat Palio, o Uno, Onix e o Celta.

O líder do mercado brasileiro é a marca Volkswagen, com um total de vendas de 31480 carros e o Chevrolet com um total de 28035 veículos matriculados. Continuam no ranking Fiat com 24802 transações, completando as três marcas líderes na venda de carros no Brasil.

Enquanto a os modelos mais vendidos, aparece no aumento ano por ano o Volkswagen T-Cross seguido pelo Chevrolet Onix em segundo lugar. Outra opção que escolhemos os brasileiros é o estilo de carro como Chevrolet Tracker que incrementa a demanda notavelmente nos últimos meses.

As três marcas mais importantes lideram o mercado no Brasil na última década, vem alternando seu lugar no pódio de acordo ao ano e ao mês que mais requer demanda.

O incremento de vendas de carros tanto novos como carros seminovos e usados do ano 2019 a respeito de 2018 representa um crescimento de 7,5% com 2655297 unidades vendidas no todo Brasil. O ano passado começou também incrementando até o mês de março onde começou a queda das vendas devido ao efeito Covid 19. 

 

Se tomamos como referência as vendas de 2019, outra surpresa no mercado de vendas foi a demanda entre os crossovers foi o Jeep Renegade que participou do pódio dos 10 modelos de automóveis mais vendidos do país.

 

Outras marcas como Renault e Hyundai também registram seus resultados positivos na participação de mercado. No  caso da Renault, o modelo mais vendido nos últimos tempos foi o Kwid.

Comprar carros de segunda mão, como também é chamado, é uma ótima possibilidade, já que as pessoas que não podem ter o dinheiro para ter aquele carro novo dos seus sonhos, comprar os usados proporciona a real experiência de acessar a um deles a um preço muito bom. São muitos os brasileiros que ficam na espera para comprar carros novos, além de que a diferença de preços é importante. O público tem no mercado muita variedade de acesso a um carro usado, seja pelos sites online ou app no celular com as maiores opções.

Para o cliente, a compra de carros usados também representa que em caso de colisão ou desgaste do carro, aquele gasto é bastante menor que o caso de ter  esse problema num carro novo. A manutenção também representa uma vantagem que é muito importante na economia do público que escolhe esse tipo de carro.

Além das dificuldades que se apresentaram o ano passado, o povo brasileiro é um dos maiores consumidores de carros já que tem a população mais grande de América do Sul e sua extensão territorial representam o motivo pelo que a gente fica acostumada ao uso dos carros e nesse momento o consumo dos carros usados baratos ainda tem relevância nas vendas.


Compartilhe