Atualize o Windows 10, pois seu PC corre sério risco

Compartilhe

De novo, o sistema de atualização do Windows 10 volta a ser destaque, e não pelo motivos corretos.

Para ser bem justo, no nosso entendimento, é sua obrigação manter todo e qualquer dispositivo conectado à internet de alguma forma devidamente atualizado, para garantir a proteção dos seus dados e a integridade e bom funcionamento do dispositivo em questão.

Porém, as coisas se complicam um pouco quando falamos do Windows 10. Nos últimos meses (ou no último um ano e meio, pelo menos), a Microsoft mais está errando do que acertando na sua filosofia de atualizações, com erros bizarros e problemas dos mais diversos em equipamentos de diferentes fabricantes.

Logo, fica um pouco difícil recomendar a regra do “atualize o quanto antes” para o sistema operacional da Microsoft. Mas dessa vez, temos que abrir uma exceção, e dizer: atualize o Windows 10 o quanto antes, pois dessa vez a integridade do seu computador está em risco.

 

 

 

Um updade global e necessário

 

 

A Microsoft liberou na terça-feira passada (14) uma atualização global para o Windows 10, e muitos usuários já receberam uma notificação informando sobre esse update, naquela área do canto inferior direito da interface do sistema operacional. Em alguns casos, na hora de desligar o computador, o usuário é questionado se deseja atualizar ou não o sistema.

Se você é um daqueles que está resistindo bravamente ao processo de atualização porque não sabe se o seu computador vai funcionar direito depois do procedimento, muito provavelmente o seu equipamento está em risco.

Um grupo de crackers aproveitou uma falha localizada no Windows 10 (que a Microsoft não encontrou antes), e dessa forma temos uma brecha para a instalação de vírus nos computadores de todo o planeta. E isso pode ser feito sem a necessidade da vítima clicar em qualquer link ou abrir um arquivo indesejado por um erro. Basta contar com o explorador de arquivos do sistema operacional, e o arquivo malicioso pode ser executado sem maiores dificuldades.

Existe a possibilidade de um grande número de usuários estar sofrendo ataques nos PCs nesse exato momento e nem estão sabendo disso. Os problemas foram identificados como CVE-2020-1020 e CVE-2020-0938, e esses erros só podem ser resolvidos se o usuário aceitar a atualização mais recente do Windows 10, que foi enviada pela Microsoft desde a semana passada.

 

 

 

Os problemas que serão solucionados com essa atualização

 

A ameaça é séria a ponto do governo dos Estados Unidos recomendar a instalação da atualização, que corrige pelo menos 133 problemas conhecidos, onde 15 delas são consideradas como “falhas sérias”.

 

 

 

A notificação de atualização não apareceu para você?

 

A regra é que essa notificação de atualização apareça na área de notificações do Windows 10 no canto inferior direito (ao lado do relógio). Mas se isso não acontecer (ou você não perceber que recebeu essa notificação), quando você desligar o computador, vai aparecer a opção para “reiniciar e atualizar”.

Porém, se ainda assim não aparecer a opção para atualização, pressione a tecla Windows, clique no ícone de configurações (símbolo de engrenagem) e, no final à direita, acesse a configuração para atualização e segurança. Então, escolha o item para download e instalação da última atualização do Windows 10, e solucione o problema.

Faça isso o quanto antes. É para a sua própria segurança.

 

 

Via Naked Security


Compartilhe