A ASUS apresentou oficialmente o muito esperado ASUS ZenFone 6. E a empresa chega com o pé na porta, com uma proposta de câmera reversível e especificações de um autêntico top de linha. O único jogo de lentes que cumpre missão de câmera dupla frontal e traseira com um mecanismo de reversão é diferente de todas as propostas que vimos em 2019, e entrega do mesmo jeito uma tela (quase) full frontal, e sem o notch.

 

 

6.4 polegadas, sem notch e com máximo brilho

 

 

O ASUS ZenFone 6 possui uma tela Full HD+ de 6.4 polegadas, protegida pela Corning Gorilla Glass 6 e aproveitando 92% da parte frontal do dispositivo, em formato Nanoedge, sem curvaturas nas laterais. Recebe 100% da gama de cores DCI-P3 e brilho de 600 nits, e na lateral encontramos o novo botão Smart Key, dedicado para as tarefas mais frequentes, e ao Google Assistente, podendo assim estabelecer ações de acordo com o tipo de pulsação.

Felizmente, o smartphone conta com conector de áudio de 3.5 mm e alto-falantes duplo, além de microfone duplo. O leitor de digitais está na parte traseira, o que reforça o protagonismo da tela na parte frontal.

 

 

Câmera flip, grande angular e a mesma potência fotográfica para tudo

 

 

A principal mudança estética do ASUS ZenFone 6 é a câmera flip, que sai da parte traseira e se posiciona na parte frontal, em um sensor duplo que entrega igualdade de condições para fotos tradicionais e selfies.

Assim, o módulo de câmera motorizado de 180 graus permite que a câmera principal de 48 MP (Sony IMX586, f/1.79) e a câmera grande angular com sensor de 13 MP e lente de 125 graus possam ser utilizadas tanto na parte traseira como na frontal.

A ASUS chegou nessa solução para não ter que recorrer ao notch e às câmeras de baixa resolução na parte frontal. Os sensores podem ser utilizados em posições intermediárias, onde é possível obter ângulos que de outra forma não seria possível, ou pelo menos não de forma confortável.

O sensor principal conta com a tecnologia Quad Bayer e a secundária uma lente grande angular. O módulo Flip é fabricado em metal líquido, que é 20% mais leve que o aço inoxidável, mas sendo quatro vezes mais forte.

Além disso, incorpora um sensor-G, que detecta a velocidade de aceleração, permitindo que a Flip Camera volte automaticamente para uma posição segura se o smartphone estiver em queda, evitando assim a quebra dessa peça em caso de acidentes. Há vários modos de disparo, podendo assim escolher o ângulo ou seguir objetos de forma automática a gravar vídeos, além do modo noturo e o HDR+ melhorado.

 

 

Sejam bem vindos, 5.000 mAh

 

 

O ASUS ZenFone 6 recebe o processador Qualcomm Snapdragon 855, com opções de até 8 GB de RAM e até 256 GB de armazenamento. Tudo isso é gerenciado pelo Android 9 Pie revestido pela ZenUI 6.

Para alimentar tudo isso, uma generosa bateria de 5.000 mAh deve resolver o problema. É um salto notável em comparação com os 3.300 mAh do ZenFone 5, além da promessa de até dois dias de uso longe da tomada.

A ZenUI 6 promete ser mais simples para os usuários novos ou já acostumados com a interface da ASUS, sendo mais limpa, mais fluída e com uma nova paleta de cores que inclui um modo escuro, que ajuda a reduzir a fadiga visual. A interface foi redesenhada para entregar animações mais fluídas, facilitando o uso com apenas uma das mãos com comandos específicos e na disposição de apps. Lembrando que estamos falando de uma tela de 6.4 polegadas. Logo, só na prática vamos poder conferir como tudo isso funciona.

O ASUS ZenFone 6 chega ao mercado da Europa em 25 de maio com preços sugeridos de 499 euros (6 GB/64 GB), 559 euros (6 GB/128 GB) e 599 euros (8 GB/256 GB). Ainda não há previsão de lançamento no Brasil.