A ASUS apresentou na IFA 2018 os seus novos ultrabooks ASUS ZenBook 13, ZenBook 14 e ZenBook 15, que contam com tela NanoEdge quase sem bordas, com relação corpo/tela de 95%.

Os novos ZenBooks contam com processadores Intel Core i7 de oitava geração com quatro núcleos, trabalhando (até) com gráficos NVIDIA GeForce GTX 1050 Max-Q. São portáteis que estão ainda mais finos, e suas telas podem receber resoluções entre Full HD e 4K.

O design mais fino garante uma experiência mais imersiva nos conteúdos, especialmente para quem quer ver vídeos ou rodar jogos no notebook.

 

 

Os novos ASUS ZenBook também contam com a tecnologia ErgoLift, que oferece um certo movimento ao teclado para melhorar a experiência de digitação. O novo sistema NumberPad, presente nos modelos com 13 e 14 polegadas, inclui um teclado numérico retroiluminado com LED no touchpad do computador.

A ASUS apostou nos processadores Intel Core i7 de oitava geração com quatro núcleos, trabalhando com gráficos NVIDIA GeForce GTX 1050 Max-Q, além de receber conectividade WiFi Gigabit otimizado para a Intel (Wireless-AC 9560) e uma bateria com autonomia de até 16 horas de uso (no caso do ZenBook 15).

São notebooks ultrafinos e muito potentes. É quase surpreendente que a miniaturização de componentes chegou a ponto de oferecer chips muito potentes em espaços minúsculos. E, nesse aspecto, a ASUS está se aproveitando muito bem disso.

Temos aqui notebooks que podem ser muito úteis para o uso profissional, gaming e casual, oferecendo uma portabilidade que a maioria dos notebooks dedicados aos games não entrega. Pode não ser o melhor notebook gaming do mercado, mas são modelos potentes o suficiente para a maioria dos gamers casuais ficarem satisfeitos.

Sem falar nos usuários mais produtivos, que procuram um notebook leve e fino para realizar tarefas mais complexas em qualquer lugar.

 

 

É esperado que os novos notebooks da ASUS estejam disponíveis nas próximas semanas, mas seus preços não foram confirmados, e variam de acordo com as configurações escolhidas.