Compartilhe

E amanhã, 15 de setembro de 2020, teremos mais uma edição do Apple Event, ou ‘keynote’ para os mais íntimos (o termo foi abandonado com o passar do tempo, e alguns jornalistas das antigas se perguntam por que todos nós utilizamos esse termo). A Apple vai apresentar uma nova leva de produtos, algumas surpresas e, dessa vez, pode entregar de “presente” (de grego) uma grande decepção.

 

 

 

Tudo virtual dessa vez. De novo…

 

A crise sanitária global que marcou o ano de 2020 para sempre ainda não acabou, e todas as medidas de precaução precisam ser tomadas para que todos fiquem bem e seguros.

Normalmente, um Apple Event é, literalmente, um evento gigantesco. Jornalistas do mundo todo são convidados para assistir ao evento de forma presencial no novíssimo Steve Jobs Theatre, no igualmente novo Apple Park, o QG da gigante de Cupertino.

Porém, tal e como aconteceu no último evento realizado pela Apple em 2020, o Apple Event para apresentação de novos produtos será online e, muito provavelmente, será pré-gravado, tal e como aconteceu da última vez. Algo que particularmente me agrada, pois a mágica da edição pode colocar ritmo em um evento que tende a ser maçante quando as pessoas envolvidas não são apresentadores natos e, por tabela, não contam com o timing necessário para isso.

 

 

 

Se prepare para ter um “One Less Thing”

 

Os eventos da Apple de setembro sempre foram o sinônimo de lançamento de uma nova geração do iPhone, que ainda recebe o nobre posto de principal produto da empresa. Porém, como o ano de 2020 é diferente em tudo, podemos ter uma desagradável surpresa amanhã: um “One Less Thing”.

Sim, amigo leitor. Pode faltar alguma coisa na apresentação.

Há quem diga que a nova geração do iPhone não será apresentada no Apple Event, uma vez que a produção do dispositivo está atrasada. Desse modo, a nova geração de smartphones da empresa seria apresentada em um evento à parte, em um momento posterior, mas ainda em 2020.

Fico na torcida para que os especuladores estejam errados.

Se a Apple não apresentar novos iPhones, é quase certo que veremos no evento um novo Apple Watch Series 6 e um novo iPad Air. Também existe a possibilidade da empresa apresentar os especulados (e até vazados) AirTags, um hipotético HomePod Mini, um possível Apple Watch SE e o bundle de serviços Apple One.

 

 

 

Como assistir ao Apple Event?

 

Aqui no TargetHD.net, é claro!

No final desse post (calma, já está quase acabando…), você tem um player do YouTube integrado, direto do canal oficial da Apple no YouTube, que vai exibir o evento ao vivo. É a forma mais prática e acessível para que todos possam acompanhar os anúncios da empresa.

Outra alternativa é assistir pelo Apple TV, principalmente se o modelo do seu dispositivo contar com a resolução 4K. A qualidade de imagem pode entregar um ‘plus’ para quem gosta de admirar os novos produtos de tecnologia.

O Apple Event acontece no dia 15 de setembro de 2020, e a transmissão começa às 10h no horário da Costa Oeste dos Estados Unidos (14h no horário de Brasília). Seria legal se você assistisse ao evento por aqui. Sua audiência ajuda (e muito) no crescimento do blog.

 


Compartilhe