Assim será o Huawei P40 Pro, by @evleaks

Compartilhe

O Huawei P40 Pro deu as caras na web antes do previso, tal e como era de se esperar. E como é um vazamento do Evan Blass, podemos considerá-lo (quase) como uma apresentação oficial.

 

 

O que vem por aí no Huawei P40 Pro

O Huawei P40 Pro possui tela perfurada (presumivelmente OLED ou AMOLED) com duas câmeras frontais, que devem ser uma principal e uma super grande angular, ou uma câmera principal e uma ToF 3D para leituras de profundidade e reconhecimento facial tridimensional.

A porta USB-C aposenta o conector para fones de ouvido, e o leitor de digitais deve estar novamente abaixo da tela, o que reforça a ideia de um smartphone com tela AMOLED ou OLED. Essa tela parece ser bem plana, com uma leve curvatura nas extremidades.

A principal novidade do Huawei P40 Pro deve ficar no seu módulo de câmeras, que é gigante ao alojar nada menos que cinco câmeras. A Leica volta a fazer parceria com a Huawei para melhorar o conjunto de câmeras, que deve entregar entre 18 e 240 mm de distância focal, o que deve resultar em pelo menos uma lente com super grande angular de 18 mm e uma lente com zoom ótico de 240 mm, com um zoom de 10x na lente principal.

A luminosidade desses sensores deve ir do f/1.8 até o f/4.0, e uma dessas lentes é retangular. Mais uma vez, supomos que estamos diante de uma lente com zoom ótico, com algum tipo de prisma no sistema interno, mas que precisa ser confirmado com informações oficiais do fabricante.

O design mantém os botões de volume e liga/desliga do lado direito, com segundo botão em cor vermelha. O slot para cartões SIM fica na parte inferior do dispositivo, assim como o conector USB-C e o alto-falante.

O Huawei P40 Pro (assim como o Huawei P40) deve chegar ao mundo com o Android, mas sem os aplicativos do Google. Apesar dos avanços de acordo entre Estados Unidos e China, o bloqueio de Trump continua, e isso pode atrapalhar a evolução do novo smartphone no mercado.

É esperado que o Huawei P40 e o Huawei P40 Pro sejam apresentados fora da Mobile World Congress 2020, em um evento especial a ser realizado no dia 26 de março em Paris.

 

 

Via Evan Blass, @evleaks


Compartilhe