TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Assim é o Android 13 na versão final | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Software | Assim é o Android 13 na versão final

Assim é o Android 13 na versão final

Compartilhe

O Android 13 chegou em versão final, dois meses antes do primeiro aniversário do Android 12 (que foi liberado em outubro de 2021). Ou seja, é o Google reforçando ainda mais a fragmentação do seu sistema operacional para smartphones.

O novo software não oferece mudanças muito radicais, e tem como principal objetivo melhorar ainda mais a boa experiência que já oferecia nos dispositivos compatíveis. Mesmo assim, o sistema oferece uma série de novidades que serão destacadas neste post.

Além disso, vamos recapitular quais são os dispositivos que são compatíveis com o Android 13 e qual é o procedimento correto para realizar o download e a instalação do sistema operacional no seu telefone.

 

 

 

As principais novidades do Android 13

Para começar, o Material You foi melhorado, estendendo as cores dos temas aos ícones dos aplicativos. Um novo reprodutor multimídia foi incorporado, recebendo uma barra de progresso na área de notificações.

O usuário agora pode escolher um idioma para cada aplicativo, e o leque de permissões está muito mais amplo, com uma separação mais clara para o acesso a fotos, música ou documentos, com notificações das permissões no caso de aplicativos de terceiros.

A área de transferência é mais privada por não ser exibida na tela de sobreposição, e seus dados são eliminados periodicamente. E o Android 13 agora suporta áudio espacial, que pode ser utilizado com fones de ouvido compatíveis.

Ainda na parte de áudio, o novo software também possui suporte para o Bluetooth BLE Audio, permitindo assim a reprodução de conteúdos com menor latência, maior qualidade e com suporte para vários dispositivos conectados ao mesmo tempo com o mesmo telefone.

O Android 13 também possui suporte ao vídeo HDR em aplicativos de câmera de terceiros, e o usuário pode copiar conteúdos no celular e colar no tablet (ou vice-versa), desde que os dois dispositivos estejam conectados na mesma conta Google.

O modo Hora de Dormir foi melhorado, com uma atenuação do fundo de tela e aplicação do tema escuro. E os aplicativos recém-instalados no smartphone terão que pedir permissão para enviar notificações pela primeira vez.

Os aplicativos de mensagens poderão enviar as comunicações de forma direta para computadores com ChromeOS conectados na mesma conta Google ou sincronizados com o smartphone, e a nova barra de tarefas do Android 13 vai permitir que o usuário visualize todos os aplicativos de uma vez, melhorando assim a experiência de uso multitarefa nos tablets.

Celulares e tablets compatíveis com canetas apontadoras poderão registrara dados com a palma da mão, e os traços da própria caneta podem ser diferenciados de toques acidentais ou de uma mão repousada na tela.

Por fim, o Android 13 entrega diversas melhorias de acessibilidade, incluindo o suporte para linhas de braile no Talkback.

 

 

 

Quais são os smartphones compatíveis com o Android 13 (nesse momento)?

Tal e como aconteceu com praticamente todos os lançamentos de uma nova versão do sistema operacional móvel do Google, o Android 13 é compatível majoritariamente com os dispositivos da família Pixel.

Ou seja:

  • Pixel 4
  • Google Pixel 4XL
  • Google Pixel 4a
  • Pixel 5
  • Google Pixel 5a
  • Pixel 6
  • Google Pixel 6Pro
  • Google Pixel 6a

Nos próximos meses, o Android 13 será compatível com smartphones de outros fabricantes (Samsung, Xiaomi, OPPO, OnePlus, Realme, Vivo etc).

 

 

 

Como instalar o Android 13 ainda hoje

Se você tem um smartphone compatível com o Android 13, pode instalar a versão final do sistema operacional ainda hoje. Existem vários métodos para instalar a nova versão do Android.

O método mais simples é através da instalação OTA. Basta ir em Configurações > Sistema > Atualização do Sistema, e o download do Android 13 muito provavelmente estará disponível para você.

É importante lembrar que a disponibilidade do download do Android 13 é gradual, ou seja, ela pode demorar um pouco para aparecer no seu dispositivo. Vale a pena neste caso ter uma dose de paciência para receber o novo software.

A segunda alternativa para instalar o Android 13 no telefone é realizando o download manual da ROM de instalação. Este é um procedimento voltado para os usuários mais experientes, e recomendado para quem está com muita pressa em instalar o novo sistema operacional no smartphone.

Aqui, a imagem do sistema será completamente atualizada no dispositivo, e se o procedimento não for realizado de forma correta, você corre o risco de terminar com um peso de papel chique nas mãos. Logo, realize os passos a seguir com atenção, mas saiba que você está fazendo isso por sua conta e risco.

Faça o seguinte:

  1. De um computador, baixe a imagem do sistema de acordo com seu dispositivo. Você pode encontrá-lo no site do Google.
  2. Descompacte o arquivo que você baixou.
  3. Conecte o celular ao computador via cabo.
  4. No celular, certifique-se de ter as opções de desenvolvedor ativas e ative o desbloqueio OEM e a depuração USB.
  5. Ligue o celular no modo de inicialização rápida.
  6. Desbloqueie, se necessário, o carregador de inicialização móvel.
  7. Abra um prompt de comando e localize o diretório onde você descompactou o arquivo de imagem do sistema baixado.
  8. Execute o script flash-all.

O script vai instalar o bootloader e os firmwares necessários para o funcionamento correto do sistema operacional no smartphone. Se tudo der certo, o telefone vai reiniciar, e é aqui que você deve bloquear o bootloader, iniciando o telefone no modo de inicialização rápida e executando o comando flasboot flashing lock (nos telefones mais antigos, o termo é o fastboot oem lock).

Se todos os passos foram feitos corretamente, o seu dispositivo será finalmente reiniciado e, ao concluir o processo, ele estará executando o Android 13 sem maiores problemas.


Compartilhe